Spyre

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Spyre

Mensagem por Isaque Onix em Qui 23 Abr 2015, 22:01

Plataforma:
Game maker studio.

Genero:
Plataforma, tiro, online.

Historia:
Spoiler:

A historia de Spyre
Em uma antiga aldeia chamada akstabucco, vivia um povo pacifico, que não ligavam pra quase nada e estavam sempre dispostos a resolver seus problemas com conversa.
Nessa aldeia, corria uma antiga lenda, essa lenda rezava que existia um dragão que tomava a forma de homem e aterrorizava a aldeia, mais esse dragão só acordava a cada 25 anos e ficava acordado por 2 anos. e também rezava a lenda, que quando o dragão renascesse, também nasceria um guerreiro, que seria o único capaz de detê-lo.
Esse dragão dormia no fundo de um vulcão, e sempre que ele acordava, ativava-o.
Alguns diziam que o dragão é uma maldição mandada a muitos seculos...
Outros, que o dragão é um tipo de mensageiro que atacava para mostra-los que estavam errados...
Mais na verdade, o dragão é controlado pelo antigo rei de akstabucco que foi exilado da aldeia por provocar guerras sem motivo e roubar de seus servos.
E esse dragão, era a unica coisa na qual aquela aldeia estava disposta a resolver com violência, pois o dragão tinha grande poder destrutivo, e se não fosse detido, iria destruir toda a aldeia.
chegando a época para o dragão voltar, e os aldeões começam a procurar, quem é o grande guerreiro que iria deter esse dragão?de onde ele viria? oque ele vai fazer?
e sem respostas para essas respostas, perderam a fé neste guerreiro, e começaram a montar um exercito para enfrentar esse dragão, e assim começa, a historia de Spyre.
Spyre - Mãe, eu posso ajudar no exercito?
Mãe de spyre - Não meu filho, você só tem 13 anos, não vão deixar você usar armas.
Spyre - Mais mãe, eu não preciso das armas deles, posso usar meu estilingue...
Mãe de spyre - Filho, acho que isso não será o bastante pra deter o grande Shuohá*.
Spyre - Eu sou bom de mira... não é difícil atirar...
Mãe de spyre - Filho, vai brincar, depois a gente conversa sobre isso.
Spyre - ta mãe.
Spyre vai brincar na rua, e encontra alguns soldados.
Spyre - Ei! Eu quero ajudar vocês a derrotar Shuohá, Oque eu faço?
Soldado - Cresça!!! hahahahaha. você é uma criança, não deveria se preocupar com essas coisas, deixe isso para nós homens. hahahahaha
Spyre fica magoado, mais ainda sim, vai atrás de seu melhor amigo Jhonny e sua irmã Sasha, que deveriam estar na arena da vila, onde eles costumavam ir todos os dias para treinar tiro ao alvo com seus estilingues.
Spyre - Oi Jhonny, Oi Sasha, já estão treinando?
Jhonny - Não, estávamos te esperando.
Sasha - é! porque demorou?
Spyre - Eu estava tentando descobrir como ajudar nosso exercito a derrotar o Shuohá.
Sasha - De novo??? você vai acabar arrumando confusão por causa dessa obsessão.
Spyre - Que nada... Eu não vou desistir de entrar para o exercito. "eles vão ver!"
Jhonny - Haha, não é de hoje que você ta tentando descobrir um jeito de entrar para o exercito, na verdade, já faz bastante tempo que está tentado... conforme-se, eles não te aceitarão.
Spyre - Claro que vão! é só questão de tempo e insistência.
Jhonny - Você e essas ideias... ainda me lembro de quando você achava que queria ser um mago e roubou o material de limpesa do pajé, achando que eram porções magicas...
Sasha - é Spyre, realmente você é meio louco com essas suas ideias... tambem me lembro da vez em que você encontrou uma esfera, e achou que ela era magica... e agora, acha que nossas tropas vão te aceitar... você e suas ideias.
Spyre - Mais a pedra era magica mesmo, não sei porque mais ela brilhou quando eu a peguei... por isso eu ainda guardo ela comigo até hoje.
Jhonny - ta vendo porque você é motivo de piada para os soldados e os aldeões?
Enquanto isso, os soldados chegam na arena já como se fossem os "donos do pedaço" e espussam Spyre, Jhonny e Sasha.
Soldado 1 - Olha quem está aqui... Spyre, o heroi que vai salvar a aldeia sózinho.
Soldado 2 - é, e é bom vocês sairem daqui, agora iremos treinar de verdade, e precisamos de espaço.
Spyre, Sasha e Jhonny saem da arena calados, pois os soldados eram os membros de maior respeito da aldeia, se eles discutissem com os soldados, provavelmente seriam severamente castigados.
Em quanto isso, os soldados conversam.
Soldado 1 - E ai, falta muito para o grande Shuohá acordar?
Soldado 2 - De acordo com a tabela real, faltam 30 dias.
Soldado 1 - Essa tabela é confiavel?
Soldado 2 - CLARO. ela foi criada desde a segunda vez que esse dragão apareceu, e desde então vem sida marcada a cada dia, para sempre saber-mos quando ele virá.
Soldado 1 - Bom, então temos 30 dias para nos tornamos o guerreiro da lenda, ou seremos massacrados.
Soldado 2 - Verdade.
Apesar de que a chegada do grande Shuohá estar se aproximando, os aldeões não se preocupavam, mais Spyre achava que o grande Shuohá já estava dentre eles, mais no seu formato humano.
Mais ele não dizia isso a ninguem, pois achavam que tudo oque ele dizia era uma má ideia.
Cada um vai para sua casa, ao chegar em sua casa, Spyre se encontra com sua mãe.
Spyre - Oi Mãe.
Mãe de spyre - Oi, filho. Preciso que você faça uma coisa pra mim, Preciso que você vá até aquela vila que tem depois da montanha...
Spyre - Tem muitas... Tampra? Hikuan? Salen?
Mãe de spyre - Vila Tampra, preciso que faça uma entrega lá.
Spyre - Entregar oque?
Mãe de spyre - Um presente, o lider de lá teve uma filha, e gostaria de mostrar minha adimiração.
Spyre - Eu vou sim mãe.
Spyre arruma suas coisas e se prepara para entregar o presente, a viajem demora 3 dias, e a estrada é bem perigosa, e mesmo Spyre tendo 13 anos, leva uma espada para se proteger.
Após se despedir de sua mãe, Spyre sai de sua Aldeia e parte em direção a Vila Tampra, com sua mochila nas costas, sua espada na sintura e sua Pedra magica no bolso.
No meio do caminho, Spyre ouve um som, bem de longe, parecia um cochicho, que ia se aproximando a cada passo.
Chegando bem perto, ele pode intender que se tratava de um pedido de socorro.
Desconhecido - Socorro!!!
Spyre - Onde você está???
Desconhecido - Aqui na beira da montanha, eu caí aqui e não consigo voltar.
Spyre - já vou!
Spyre pega a corda em sua bolsa e arremessa para aquele homem que ele nunca havia visto antes, mesmo sabendo que o homem poderia ser um assassino, ladrão, mercenario ou coisa pior.
Após tirar o homem do buraco, ele se apresenta.
Desconhecido - Muito obrigado por me tirar desse buraco, estou aqui a muito tempo, mais ninguem passa por aqui pra me ajudar, mais você me ajudou, muito obrigado mesmo!
Spyre - Por nada, posso saber seu nome?
Desconhecido - Meu nome é Rachir, Sou o mago da vila Salen, e estou em uma viagem prar Akstabucco, e o seu?
Spyre - Meu nome é Spyre, Venho de Akstabucco e estou em uma viagem para a vila Tampra, prazer. Mais preciso seguir viagem.
Rachir - Tudo bem. Espera, oque é isso? uma esfera de energia?
Spyre - (desembanha sua espada, e procura assustado) Oque? Onde? Cadê?
Rachir - Hum. Você não sabe oque são esferas de energia? Vou te explicar, como agradescimento por ter salvo minha vida.
Spyre - isso tem alguma utilidade pra mim?
Rachir - Se você embanha uma espada, e leva a esfera com você, claro que é.
Spyre - Essa pedra? bem que achei que ela era magica. Então fala, mais sem delongas por favor. preciso me apressar em minha viagem.
Rachir - Bom, Pra começar, esferas de energia são realmente pura energia... elas podem ser fundidas com outros materiais, armas, armaduras, etc...
elas são elementais e possuem grande poder, mais pra isso, é necessario saber usa-las.
por exemplo, você não pode usar uma esfera de fogo em uma espada do tipo agua, ou uma esfera de vento em uma armadura do tipo fogo, pois fogo apaga em agua, e vento apaga o fogo, porem, isso é possivel utilizando uma segunda esfera, que estabiliza e funde as energias. isso é chamada de fusão radiante.
Spyre - Gostei, mais de onde elas vêem? como as uso?
Rachir - Bom, elas vêem de outro planeta na verdade, mais isso é uma longa historia. Te conto quando voltar a akstabucco, vou ficar lá por algum tempo, espero te ver novamente.
Spyre - Ok. Espero te ver tambem, estou curioso pro fim dessa historia.
Rachir - Até logo. Cuidado com os ladrões, eles estão em toda parte.
Spyre segue seu caminho pensando no que o Rachir disse, "Há, pedras de outro mundo... aquele cara ta é tentando me tirar do serio, deve ser um daqueles malditos soldados disfarçados, e se não for, aposto que não vai estar lá quando eu voltar...".
depois de andar muito, Spyre chega a seu destino.
Spyre - aah, em fim cheguei, devo procurar pelo lider Ronagak, não sei oque tem nesse pacote, mais tenho a impressão que pode estragar.
Spyre para em frente aos portais da Vila Tampra e se indentifica como um amigo distante de Ronagak, os soldados da vila o revistam e o levam atá seu lider;
Soldado 3 - Senhor, esse garoto dis ser um amigo distante e que lhe trouxe um presente, podemos deixar se aproximar?
Ronagak - eu não conheço esse garoto, pode ser um espião, ou coisa pior. Ei, garoto, de onde me conhece?
Spyre - Bem, Senhor, na verdade eu não te conheço, minha mãe te conhece, ela disse que você me pegou no colo quando nasci.
Ronagak - Já peguei muitos recém nascidos no colo, sou lider de uma vila... Diga-me seu nome.
Spyre - Meu nome é Spyre, Senhor.
Ronagak - Spyre? ... AAaah, me lembrei agora... como vai sua mãe? como você cresceu.
Spyre - Minha mãe vai bem, mais eu só veio lhe entregar uma coisa que ela mandou.
Ronagak - Soldado, deixe que ele se aproxime, ele é da familia.
Soldado 3 - Sim Senhor!
Ronagak - Spyre, se aproxime!
Spyre - Bem, minha mãe me mandou te entregar isso, é um presente pra sua filha.
Ronagak abre o presente.
Ronagak - Uau, sua mãe sabe mesmo me surpreender... uma espada de treino... hahaha minha filha vai ser uma grande guerreira se depender de sua mãe.
Spyre - Bem, esta entregue. quer que eu leve algo pra ela?
Ronagak - Só manda o meu sincero obrigado a minha irmãzinha.
Spyre - IRMÃZINHA??? isso quer dizer que você é meu...
Ronagak - tio... sou seu tio sim, mais não ache que ela não te contou por motivos egoistas, ela não te contou isso antes porque o lider de sua aldeia acharia que eu iria ajuda-lo, mais não vou.
Spyre - bem, te conheço simplesmente como lider da Vila Tampra, vamos continuar assim.
Ronagak - Boa idéia.
Spyre - vou continuar meu caminho, desejo vida longa para você, sua noiva e sua filha.
Ronagak - Obrigado, o mesmo a você e sua familia.
Spyre segue seu caminho, de volta a akstabucco, quando saem dois ladrões de traz de uma roxa.
Ladrão 1 - Passa pra cá tudo oque você tem!
Ladrão 2 - É, ou faremos você em pedacinhos!
Spyre arranca sua espada de sua cintura, corajoso, mais estava em desvantagem, eram dois adultos contra uma criança, porem, Spyre tinha uma coisa que os bandidos não tinham... a esfera!
Numa tentativa desesperada, Spyre usa a esfera que se junta a sua espada, deixando-a branca, porem, brilhante.
Ele ataca os bandidos, e sai um raio branco da espada que os arremessa longe, assustado e impressionado ele enrola sua espada poderosa em suas vestes e segue viagem.
Chegando em akstabucco, ele procura aquele mago, falhando em encontralo, ele procura Sasha e Jhonny.
Spyre - Ei, Vejam minha espada!
Jhonny - Oque tem ela?
Spyre tira a espada.
Spyre - Vejam!
Sasha - Está brilhando!!! Oque você fez?
Spyre - Eu usei a pedra que achei nela.
Jhonny - Pedra? você diz aquela pedra que você disse que era magica?
Sasha - Para Spyre! Aposto que você usou algum truque na espada, só pra mostrar que estava certo!
Spyre - Não! eu juro!
Jhonny - Então, prove!
Spyre - está bem, junte aqueles sacos de areia de forma que fiquem imoveis.
Jhonny leva algum tempo para carregar cada saco de areia, mais consegue colocalas na posição desejada.
Spyre - Quer colocar mais alguma coisa lá? só pra garantir que não há farsa.
Jhonny - Não! está suficientemente pesado, acho que nem os soldados tirariam aqueles sacos de areia do lugar de uma vez.
Sasha - Quero ver.
Spyre desembanha sua espada novamente, e com um golpe, o raio surge novamente, lançando os sacos longe.
Sasha e Jhonny ficam paralisados com oque viram.
Observações da historia:

Tudo que está entre aspas ("") é um pensamento.
a leitura da historia é feita por personagens/narrador, quando é um personagem, a escrita é a seguinte:
Nome do personagem - Texto do personagem.
Quando é o narrador, é apenas o texto normal.

Estou ainda pensando em mudar o nome do dragão.
*Não terminado.*

Controles:
Mouse Tudo, por enquanto.
Tecla G Muda a room, por emquanto.
Tecla ctrl Mostra a quantidade de pessoas online/registradas..
esc sai do jogo, depois de logado.

Andamento:
8%

Imagens:
Spoiler:

[center]Personagens, ainda não inseridos no projeto.

Tela de login

Tela de cadastro.


DOWNLOAD

Bom, Sempre que tiver algo novo, eu colocarei aqui.

Algumas informações adicionais serão adicionadas abaixo.
informações adicionais:

O jogo ainda não está pronto, não tem personagens AINDA, e ainda terão muitas modificações, essa versão no download é simples, apenas uma demostração de como o projeto está.
Ao iniciar o projeto, caso logue, aperte G para mudar de room e dê enter, a room "Planeta terra" é a unica existente ainda.

Isaque Onix

Número de Mensagens : 1597
Idade : 23
Data de inscrição : 15/08/2010
Reputação : 147
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

http://spyreserver.16mb.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares
» Spyre

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum