TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Mensagem por Alex Marcelo em Sab 10 Jul 2010, 16:57

Neste tópico:
Tutorial de Game Maker
Criando Bons
Jogos
- O que é um Bom Jogo?
* Presença e Imersão
* A história
* O mundo do jogo


Presença e Imersão
Você deve estar se perguntando por que não falamos de gráficos ainda, ou de sons ou músicas de fundo. Muitas pessoas os consideram elementos cruciais num jogo. Os jogos atuais tentam alcançar novos e belíssimos efeitos gráficos e sonoros, contratando músicos famosos para que componham a trilha do sonora. Mas isso é tão importante? Bom, sim e não. Se você observar os jogos disponíveis nos consoles do Game Boy Advance ou celulares, eles terão gráficos pobres e o som também será limitado. Porém, podem ser tão divertidos de jogar que muitas possoas apegadam-se a eles. Por outro lado, alguns jogos tridimensionais criam um ambiente especial usando certo tipo de música e adicionando efeitos gráficos como água pingando, fumaça e tochas acesas.

Falaremos hoje da imersão. Um jogo é bem mais valorizado quando o jogador se sente mergulhado nele, quando ele sente sua presença no ambiente do jogo e que suas ações e decisões realmente importam; ou quando ele se emociona com os personagens principais do jogo e realmente quer ajudá-los. Ingredientes importantes para levar a essa imersão são a história que se passa no jogo, o lugar onde ele se passa, a maneira com que os personagens principais se comportam, a música e os efeitos especiais.

A história
Muito se discute sobre se um jogo precisa ou não de uma história. Jogos populares como PacMan ou Tetris não têm uma história propriamente dita (apeser de seus criadores terem dado a eles algum tipo de história). E em jogos de tiro em primeira-pessoa, a história é geralmente a mesma: salvar o mundo de algum mal. Muitas pessoas nem prestam atenção na história e parece que isso nem influencia na sua experiência durante o jogo. (Você não está tentando salvar o mundo, está simplesmente matando os monstros que te atacam). Por outro lado, em jogos de aventura a história é fundamental. Ela é a base dos quebra-cabeças que você precisa resolver, e ela deve ajudá-lo a resolvê-los; eles só fazem sentido se forem partes da história. [Um jogo que pode ser citado é God of War. Há diversos quebra-cabeças que devem ser resolvidos para que o jogo siga, e todos eles estão ligados à história que se passa]. A história pode beneficiar o jogo de outra maneira, dando sentido às suas ações e maior satisfação ao jogador quando ele cumpre seus objetivos. Isso leva a um "Jogo Significativo". Pode ser alcançado garantindo que os desafios ou fases do jogo sigam uma ordem lógica e colocando cut-scenes ou animações entre eles para melhorar o enredo. A esse conjunto de fatores damos o nome de "storyline". Criar uma boa "storyline" com animações, etc. é uma das dificuldades de um criador de jogos iniciante, mas é bom praticar para que o jogo tenha pelo menos sentido, que normalmente é alcançado criando uma história.

O mundo do jogo
Um jogo deve ocorrer num ambiente, a que chamamos mundo. Esse mundo pode ser representado por efeitos com detalhes tridimensionais (3D) e super realísticos, mas também em algo abstrato e/ou bidimensional (2D). Alguns jogos usam apenas texto e imagens estáticas para representarem seus mundos. Projetar e desenhar um mundo é uma importante parte na criação de jogos. E escolher a forma certe de representá-los, também. Para um jogo de tiro em primeira-pessoa um mundo tridimensional bem detalhado com iluminação, sombra e recursos especiais como neblina e água é fundamental para dar ao jogador a sensação de presença. Ele deve ver como um verdadeiro soldado veria, senão o jogo fica artificial. Num simulador de voo o mundo também deve ser mais realista o possível. Para um jogo de aventura, um mundo 3D super realista não é tão importante. Nesse caso é a história que cria a sensação de presença, que também pode ser acompanhada por simples imagens 2D. Em jogos de quebra-cabeça e em muitos jogos de arcade o mundo do jogo é praticamente todo abstrato e frequentemente bidimensionais. Por exemplo, uma nave não voa nem atira naturalmente. E os bônus podem flutuar no ar. Isso tudo é perfeitamente aceitável para o jogador, pois o mundo do jogo se torna realista. Logo, é extremamente importante adaptar o mundo ao tipo de jogo que você está criando.


Figura 4. Um simulador de voo deve ser realista, enquanto um jogo de nave pode ser mais abstrato.

Um jogo 3D super realista pode torná-lo mais difícil de se jogar. Por exemplo, muitos jogos de estratégia utilizam uma forma de visão do mundo do jogo onde você o vê sob um ângulo de 45º (visão isométrica). Isso facilita na hora de procurar suas bases e ver rapidamente o que está acontecendo. Você pode se deslocar facilmente para comandar que suas bases façam a coisa certa. Tentar fazer o mesmo num jogo 3D é muito difícil. Você se perte e se desorienta, e tem dificuldade em continuar mantendo controle do que está acontecendo no mundo do jogo. A movimentação se torna mais difícil. Novamente você vai precisar adaptar a representação do mundo do jogo à jogabilidade requerida.

Parte 5 --- Parte 6 --- Parte 7


Última edição por Alex Marcelo em Dom 11 Jul 2010, 15:08, editado 3 vez(es)

Alex Marcelo

Número de Mensagens : 137
Idade : 22
Data de inscrição : 09/08/2009
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 1
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Mensagem por Grotle em Sab 10 Jul 2010, 17:17

Ótimos esses tutoriais!
Continue assim, espero que você também progrida! Happy
Flw!

Grotle

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 559
Idade : 21
Data de inscrição : 28/02/2010
Notas recebidas : B-B
Reputação : 12
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

http://gsogaming.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Mensagem por Lolegal em Sab 10 Jul 2010, 17:22

Cara ótima aula, acho que foi a melhor para mim, tenho muito problema com histórias, tanto que comecei um projeto com uma história ruim...
agora ja tenho uma idéia vlws.

Lolegal

Número de Mensagens : 190
Idade : 22
Data de inscrição : 18/08/2009
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Mensagem por Grotle em Sab 10 Jul 2010, 17:29

É, eu acho que a grande dificuldade é a história, fazer com que ela fique boa e que o jogador se sinta imerso no jogo.
Até os mais experientes erram ao fazer algumas histórias! Happy

Grotle

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 559
Idade : 21
Data de inscrição : 28/02/2010
Notas recebidas : B-B
Reputação : 12
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

http://gsogaming.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Mensagem por Alex Marcelo em Sab 10 Jul 2010, 21:55

Que bom que gostaram! Nos próximos tópicos falaremos sobre os estilos de jogos, um assunto muito interessante na minha opinião! Até logo!

Alex Marcelo

Número de Mensagens : 137
Idade : 22
Data de inscrição : 09/08/2009
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 1
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: TGM - Criando Bons Jogos (O que é um Bom Jogo?) - Parte 6

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 23:58


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum