Conectar-se
Quem está conectado
27 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 27 Visitantes

Nenhum

Ver toda a lista


Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
Data de inscrição : 29/12/2011
Número de Mensagens : 182
Insígnias de JAM :

Insignia 1x 0 Insignia 2x 0 Insignia 3x 0
Reputação : 1

Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0
Ver perfil do usuáriohttp://www.google.com

[Tutorial](Parte 6) A mágica da programação de sites

em Sab 17 Mar 2012, 22:51
Oi pessoal, voltei aos fórums so porque me senti culpado de não ter terminado o tutorial. Estou aprendendo C++, e, bem, perdi todo o interesse em GML, adivinha por quê. Rolling Eyes

A mágica da programação de sites
Parte 6 - Classes, IDs...

Talvez você tenha se perguntado: "Ué, e seu não quiser aplicar o CSS à um local específico, e não à uma tag? Dá pra criar um novo tipo de tag?". Não, não dá pra criar um novo tipo de tag, isso não funcionaria em nenhum browser decente que seguisse os padrões HTML. Não existe coisa como "criar uma tag". Mas, dá sim para aplicar CSS à um local específico. Esta parte do tutorial vai explicar HTML e CSS ao mesmo tempo, porque não é possível separar os dois quando estamos falando de classes e IDs.

Nesse exato momento você já deve estar se perguntando, o que são, afinal, classes e IDs.
Código:
<p id="dinheiro">

Você já deve ter imaginado. Sim, está correto, nós atribuímos o ID "dinheiro" à esta(s) tag(s), e isso a(s) diferencia das outras. Mas não deixa de ser uma tag <p>, é claro. A ideia geral é: ID é um atributo que diferencia a tag x das outras.

E agora? O que fazemos com isso?

Código:
#dinheiro {
  color: yellow;
  font-weight: bold;
}

A tag com o ID "dinheiro" agora terá o atributo "color" definido como "yellow", e "font-weight" como "bold". Isso basicamente é o conceito de ID, e quero ressaltar que IDs não se limitam à CSS. Elas são usadas pra praticamente tudo em PHP e Javascript. Plugins como Flash Player, Java e outros também podem interagir com a página usando IDs. Por enquanto, nós a usamos apenas pra CSS, mas depois as possibilidades serão infinitas. Só não quero você dizendo que IDs são usados apenas em CSS. Também quero ressaltar que, nunca, nunca começe um ID em CSS com um número. Broswers como Firefox irão chorar em dor se você fizer isso, e sua página não vai funcionar como você queria. Que eu saiba, começar um ID em CSS com um número só funciona em Internet Explorer(e quem usa Internet Explorer mesmo? vomito). Isso também se aplica a classes, que eu ainda não expliquei, mas fique com isso em mente.

Entretanto, eu disse que todas as tags com o ID "dinheiro" iriam receber os atributos CSS aplicados à mesma. Todas. E talvez você não queira isso. Talvez você queira aplicar os atributos apenas à um tipo de tag com o ID "dinheiro". Por exemplo, você pode não querer aplicar esses atributos na tag <b>, mas apenas em <p>.


Classes funcionam de modo parecido com os IDs. Elas geralmente são usadas para atribuir atributos à vários elementos de uma página, e funcionam do modo que nós estavamos desejando(veja acima).

Código:

<p class="dinheiro">
Código:

p.dinheiro{
  font-weight: bold;
  color: yellow;
}

Todas as tags <p> agora iram receber os atributos acima, contanto que estejam com a classe "dinheiro". Essa é a explicação básica. Depois entraremos mais fundo no assunto de classes e IDs.

Pra aplicar CSS à uma classe sem restringir à tags, use só o ponto sem nada antes(exemplo: .dinheiro{}) Até o próximo tutorial! formado

-> Próximo tutorial
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum