[discussão] Desktop vs Portáteis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por PedroX em Qua 03 Jul 2013, 22:52

Esse é um assunto importante para os programadores de jogos. Visto que os portáteis (celulares, tablets, smartphones, ...) estão cada vez mais populares e baratos, a tendência é a diminuição do número de usuários de PCs e de linguagens cujo foco são PCs.

Outro 'problema' é o constante surgimento de programas que criam jogos de qualidade muito facilmente e sem códigos (Construct 2 e GM, por exemplo). Isso fará com que as linguagens sejam cada vez menos usadas. Provavelmente, os programadores de meio-termo ficarão usando HTML5, que é bem multiplataforma. É claro que será necessário programadores de linguagens maiores para criar os programas que criam jogos.


Por isso, criei esse tópico para discutirmos o assunto.

Aproveitando, vou citar alguns comentários que li por aí:

Não creio que o desktop esteja com o fim decretado pela tendência ditada pelos recém criados segmentos de "bolso" por alguns motivos dos quais considero indiscutíveis:

1) O poder de fogo (processamento)
[...]Há vários segmentos que precisam de alto poder como: o mercado gamer, o pessoal que trabalha com criação/ edição de áudio e vídeo, a indústria de filmes e por aí vai. Logicamente que aqui entram as Workstations, mas não consigo imaginar o desktop em seu puro sentido separado em outra categoria no assunto deste tópico.

2) A história da indústria
Pensar que a Intel, AMD, Asus, VIA e trocentos outros fabricantes especializados no segmento de desktops simplesmente mudem de segmentação, passando a trabalhar em plataformas móveis unicamente, é algo que não entra na minha cabeça.

3) A febre
Talvez muitos pensam que a febre do momento ditará regras sobre o que eu e você vamos usar em termos de computação nos próximos anos, mas não creio que a fama destes brinquedos de bolso seja suficiente para fazer com que eu quando precisar de um computador novo acabe decidindo por um tablet e não um novo desktop.
[...]
A nível corporativo vai demorar mais, mas a nível pessoal a tendência é a portabilidade acabar ficando com a maior fatia. A era das caixas retangulares tende a acabar paulatinamente. Principalmente com a evolução dos processadores.

Fonte: http://www.hardware.com.br/comunidade/fim-desktop/1137555/

E um artigo: http://www.hardware.com.br/dicas/fim-dos-desktops.html

Até mais!

PedroX

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 6034
Idade : 21
Data de inscrição : 26/07/2008
Notas recebidas : C+B
Reputação : 286
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por Brother27 em Qua 03 Jul 2013, 23:27

Jogos de desktop sempre serão melhores e mais prazerosos de se fazer. Mas é muito mais fácil ganhar espaço no mercado de games dos portáteis, principalmente porque a pirataria é menos comum. Então, para desenvolvedores indies, os portáteis são uma boa pra descolar uma graninha

Brother27

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 253
Idade : 17
Data de inscrição : 28/06/2012
Notas recebidas : C
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por GameMakerTutoriais em Qui 04 Jul 2013, 00:21


Eu uso o Linux há mais de 8 anos. Eu não sei qual é a experiência de vocês com ele (por serem mais novos), mas acho que sabem que ele foi um sistema que atingiu o mercado dos portáteis MUITO antes da maioria.

Ele DEVERIA ser o que o Android é hoje, mas mesmo AINDA sendo esmagadoramente mais portável que o Android, está perdendo e perdendo de lavada. Uma boa versão portátil do Linux faz TUDO o que um desktop faz, então, mesmo tendo um hardware menos capaz, pode substituir um desktop sim.

O que manda na briga é simplesmente isso: facilidade. O Linux não é fácil, o Android é.

Mesmo depois de 8 anos martelando, eu ainda tenho dificuldade em muita coisa. Quem mexe com ele SABE que ele só começou a ganhar força quando essas gigantes começaram a fabricar aparelhos com Linux. Até então, você peneirava 30 distros diferentes pra salvar 1.

29 eram uma grande porcaria, 1 era boa. Por quê? Porque tinha suporte. Eu não ia mais depender de um ou outro programador (ou da boa vontade deles), eu ia depender do suporte e das atualizações da fabricante.

A Nokia é um ótimo exemplo disso. Há menos de uns 6 anos ela pegou uma versão fuderosa do Debian e fez o decentíssimo Maemo. Não é fácil como o Android, nem tão popular, mas é um mar de rosas se comparado há anos atrás.

A minha opinião é essa: facilidade e suporte. Quem fornecer mais, sai na frente. E nesse ponto, a surra que a Google vem dando é titânica.

GameMakerTutoriais

Número de Mensagens : 800
Data de inscrição : 29/01/2011
Reputação : 26
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por Mr.Rafael em Qui 04 Jul 2013, 09:51

Nenhum celular vagabundo vai conseguir destruir todo o imenso passado que o PC teve em relação a isso.

Linguagens como Java podem ter conceitos muito úteis, que é o caso do cross-platform. No entanto, ela está MUITO longe de ter uma eficiência tão boa quanto uma linguagem nativa, como C/C++, por exemplo. Não que a linguagem seja ruim, mas não é todo mundo que gosta de passar raiva no Eclipse criando trocentas classes. E o pior é quando a cross-platform só quer dizer que a aplicação é "rodável", não significa que vai rodar do mesmo jeito em outros lugares. Skyrim no "very-high" roda liso a 60FPS no meu PC, enquanto um singelo Minecraft rodando em gráficos "fancy" engasga em 30 FPS!

Os "App Makers" também são um perigo para os programadores: por que alguém precisaria contratar um programador? Aliás, por que alguém precisaria aprender programação? A proposta de serem um "software fácil e rápido para criação de aplicativos sem pedir nenhuma linha de código" fazem com que muita gente entre no bonde, e o negócio lota! É mais ou menos como funcionam esses editores WYSIWYG: pergunta para uma criatura dessas para que serve a tag <'meta charset="UTF-8"'>, ou a tag <'iframe'>. Pergunte a algum veterano de GM/Construct como funciona a lógica por trás de um sistema de colisão. Os App Makers, embora agilizem o desenvolvimento de um software, tendem a emburrecer os programadores com o tempo. No menor dos casos, apenas os limitam de pensar.

Falando do PC: ele jamais será descartado. É o único capaz de ler todas as linguagens existentes, ou seja, não joga o programador de X linguagem no latão de lixo. Outras coisas também:
- O PC pode ser usado para produtividade e consumo, enquanto os "portáteis" são usados com a única finalidade de consumir.
- Um portátil continua precisando de um PC para complementar alguma coisa, seja para adicionar algum arquivo ou passar um APK de testes para o aparelho. Um PC em si é independente.
- O PC programa para os portáteis e para ele mesmo. O portátil não consegue programar para nenhum dos dois. Mesmo com programas como o DroidEdit, não é possível compilá-los, ou pelo menos não de uma forma fácil/eficiente.
- PC's com Windows possuem como únicos problemas de incompatibilidade o caso x86/x64 e a execução de programas MUITO antigos. Dispositivos móveis possuem incompatibilidade o tempo todo, pelas mais diversas causas, sendo o sistema operacional (que mesmo só existindo uma diferença de MESES de uma versão para outra, ocorre) e hardware sendo as principais delas.
- Quem programa em uma linguagem nativa se sente mais confortável com o PC do que qualquer outro portátil. Os dispositivos móveis só beneficiam aqueles que sabem Java, tornando algo rígido e um tanto quanto prioritário (pois agora você está na sacolinha da Oracle).
- C/C++ jamais morrerão, pelo menos não enquanto todos os sistemas operacionais existentes continuarem precisando dele para existirem.
Se eu falei alguma asneira, tenham a bondade de me corrigir. Very Happy

o/

Mr.Rafael

Ranking : Nota A
Número de Mensagens : 383
Data de inscrição : 05/10/2010
Notas recebidas : A-C-B-A
Reputação : 57
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 1
   : 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por GameMakerTutoriais em Qui 04 Jul 2013, 10:11



Falando do PC: ele jamais será descartado. É o único capaz de ler todas as linguagens existentes, ou seja, não joga o programador de X linguagem no latão de lixo

O Linux suporta uma gama imensa de linguagens. Esse é o contraponto que eu coloquei: ele é muito mais portável que o Android, mas não é fácil. A empresa vai se importar com o usuário final, o leigo e que precisa do produto prático, que é a massa. Quem dá as cartas é o Android.

O PC programa para os portáteis e para ele mesmo. O portátil não consegue programar para nenhum dos dois. Mesmo com programas como o DroidEdit, não é possível compilá-los, ou pelo menos não de uma forma fácil/eficiente.

Não sei como andam as bandas do Android, mas o Linux, sim, um portátil cria aplicativos pra ele mesmo. Quer um exemplo? O sistema Maemo que eu citei. Eu já encontrei suítes pra C++ (mesmo o sistema rodando sobre um processador ARM), Java, Ruby e Python, inclusive.

Nenhum celular vagabundo vai conseguir destruir todo o imenso passado que o PC teve em relação a isso.

O que eu acho que deve haver na discussão é um conceito sobre o que é portátil. Não estamos falando de "celulares" (ou só sobre Android), estamos? Acho que perdi qual é o alvo das opiniões.

GameMakerTutoriais

Número de Mensagens : 800
Data de inscrição : 29/01/2011
Reputação : 26
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por saim em Qui 04 Jul 2013, 10:47

brendan640 escreveu:O que eu acho que deve haver na discussão é um conceito sobre o que é portátil. Não estamos falando de "celulares", estamos?
PedroX escreveu:Visto que os portáteis (celulares, tablets, smartphones, ...)
Acho que sim, mas principalmente tablets e smatphones. Acho que o foco da discussão é: onde é que nós nos encaixamos melhor nesse mundo que, agora, tem aparelhos portáteis. Não "o que é possível fazer". O que está sendo discutido é "quem é nosso público-alvo?".

Por "nós", quero dizer programadores de jogos de baixo orçamento. Supondo que temos qualidade em nossos produtos, ainda é uma qualidade limitada. Porque somos poucas pessoas trabalhando no mesmo jogo, sem experiência no mercado, sem experiência de programação em grandes projetos. Tem uma tirinha que ilustra o que eu quero dizer.link pra página
No comentário logo depois de tirinha, a autora comenta: "tem uma imensa diferença na qualidade de um jogo que custa U$60,00 e um que custa U$0,99".
Tenho que concordar. O tamanho da equipe de produção, os recursos empregados, tem muita coisa envolvida que nós simplesmente não temos condição de bancar. Numa boa, talvez não tenhamos nem VONTADE de trabalhar assim.

Antes do boom de aparelhos portáteis, minha intenção com programação era só me divertir. Minha idéia de sucesso financeiro, se algum, era criar um blog e postar jogos nele, ganhando dinheiro com adsense. Se eu ganhasse o suficiente pra cair na night uma vez por mês, a programação teria me deixado rico.
Hoje eu já vejo a possibilidade de ganhar dinheiro VENDENDO meus jogos, mas pra celulares, pra tablets. Não me imagino criando um jogo pra competir em pé de igualdade com "assassin's creed" ou "god of wa"r. Está muito longe da minha realidade.
Já pra competir com "cut the rope", "angy birds" e jogos do tipo, eu já boto mais fé. Não tenho nenhuma grande idéia que me coloque nesse patamar, ainda, mas já acredito mais nesse futuro.

Então respondendo à pergunta, acho que os usuários de portáteis são nosso público-alvo.
Não acho que PCs vão morrer no futuro próximo, mas não vejo sentido em programar pra eles. A não ser pra me divertir. Isso, eu faço um monte!

saim

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 2964
Idade : 38
Data de inscrição : 14/01/2011
Notas recebidas : C-D-A-B
Reputação : 121
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 1
   : 0
   : 3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por LightSpeedy em Qui 04 Jul 2013, 11:56

bei eu no celular pago uns 11 reais por porcarias de jogo tipo(só uma fase e cheio de bugs(nem sei porq puseram pra vender!)

LightSpeedy

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 354
Data de inscrição : 24/04/2013
Notas recebidas : C
Reputação : 40
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por moisesBR em Qui 04 Jul 2013, 12:09

Estou meio off do assunto(preguicite de ler os textos acima). Não pretendo fujir muito ao contexto, mas quero lembrar que me incomoda.

Parece que querem nos afastar cada vez mais e mais da linguagem pura de programação.
Não que eu esteja reclamando dos makers mais eficazes mas se repararem bem, incentivam cada vez mais o uso de novas plataformas previamente preparadas e tendenciosa nos afastando cada dia mais para longe das nossas conhecidas linguagens c, basic, bath, java e etc. Hoje, só com muito custo um interessado consegue acessar todas funcionalidades de seus dispositivos seja desktop ou portáteis, por desconhecer suas propriedades e programação. Mas
com os novos sistemas operacionais, abandonamos cada vez mais os comandos base.

Agora, com essa nova mania de portateis, a única linguagem que conhecem são toque na tela downshares e por aí vai e grana para atualizações frequentes e as vezes desnecessárias.

Ainda pretendo ter o meu portatil, mas so gostaria de te-lo qd ele tivesse praticamente todas funções de um pc(isso não vai demorar) inclusive nosso querido gm.

Como disse meu assunto é meio off mas queria a oportunidade de falar algo sobre isso.

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por CRP-Max em Qui 04 Jul 2013, 13:02

Acredito que na logica da evolução os portáteis logo estarão acima dos Desktop.
Podem falar o que quiserem, mas o que importa para quem pode mudar alguma coisa é o lucro, logo os portáteis dão mais lucros que os Desktop, por terem exatamente essa "facilidade de manuseio", querem mais?
Para o consumidor final, que quer rodar um jogo por exemplo, não é interessante ter de comprar uma nova placa de vídeo ou mais memoria ou ainda ter de trocar o processador.
Uma coisa que assusta o consumidor é:
Se um jogo é feito para o Playstation 3, ele roda normalmente, mas no PC, eu tenho que fazer vários upgrades?
Neste caso para jogar eu prefiro um Playstation 3, entenderam a ideia de porque é mais vantagem investir em plataformas especificas?
Antigamente eu assistia a filmes no pc, agora eu poso fazer isso num Tablet que além de mais barato (em alguns casos), é mais simples e posso levar pra qualquer lugar, basicamente o comodismo e a facilidade compensam.
Isso vai nos tornar mais burros? Provavelmente sim, mas a grande maioria já é, pouco são os que se preocupam em gastar o tempo pensando, tentando escrever certo ou lendo, essa "preguiça" já é um indicativo.What a Face
Resumindo, eu acho que ainda vai haver grandes programadores, mesmo nesta nova plataforma, porem assim como programar em assembly é loucura, seria loucura levar um ano para fazer um programa, se da pra fazer a mesma coisa em cinco dias.
Lembro de der lido uma frase antiga que tem uma moral pra este caso:
Os carros são uma modinha, os cavalos sempre serão o meio de transporte da humanidade.
Não lembro quem é o altor desta frase.
Bom acho que já escrevi bobagens demais, mas eu pretendo investir mais em Portáteis daqui pra frente.

CRP-Max

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 819
Idade : 41
Data de inscrição : 28/10/2008
Notas recebidas : C
Reputação : 29
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por cascavelo em Qui 04 Jul 2013, 13:45

Usuários de tablets e smartphones já superam os de PCs, a facilidade de uso é muito grande, principalmente com android que não tem quase nenhuma limitação quanto a downloads e o navegador é quase idêntico aos de PCs.
Os tablets novos são muito potentes, acredito que vários usuários do fórum ainda tem PCs dual core ou inferiores.

E pra comparar maioria dos tablets novos é dual core ou quadcore com um ou 2 gigas de memória, rodando aplicativos 3d com bom desempenho.
Coloca um tecladinho bluetooth nele e vira um notebook, muitos já vem com teclado destacável, comprei um no mercado livre semana passsada.

Utilizo bem menos o PC hoje em dia, só pra tabalhar mesmo, pra relaxar uso o tablet pra quase tudo: Jogar, ler, ver vídeos, ver e-mails, gravar vídeos, editá-los, publicar os vídeos, atualizar facebook, blog, fotografar, editar fotografias e um monte de outras coisas.

Faço os desenhos vetorizados de meus jogos no Corel do PC e os desenho a mão livre no tablet.

Falando de mercado:
Quando fiz meus primeiros jogos tive menos de 100 downloads no total e tinha que implorar pra alguém experimentar.
Hoje faço jogos voltados pra mercado mobile e tenho todos os dias mais de 100 downloads nas várias lojas em que estão cadastrados.

Centenas de pessoas jogam meus jogos todos os dias, o que é muito gratificante. Bem diferente das versões pra windows que tem um ou outro download diário.

cascavelo

Ranking : Nota A
Número de Mensagens : 1011
Idade : 46
Data de inscrição : 08/12/2011
Notas recebidas : A - A - A - A - A -A -C
Reputação : 71
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 1
   : 2
   : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por Mr. Kaleb em Qui 04 Jul 2013, 14:15

Não acho que a questão da imbecilidade seja tão relevante. É como estar lutando contra o tempo. Antigamente, os computadores eram imensos, as linguagens estavam constantemente em mudança, não havia a estabilidade que hoje temos. Já hoje, temos uma gama de recursos, uns mais simples, outros mais complexos, no qual a pessoa pode se identificar. Acho que a palavra certa é adaptação. Lógico que isso resulta numa diminuição do exercício, mas é o que está fadado a acontecer.
Por outro lado, o modo de produção é substituído, no qual poderemos fazer o que fazíamos antes e até mais, só que com maior facilidade. Não quer dizer que vai generalizar aquele sentimento de old-school ou que os jogos de antigamente eram melhores porque eram feitos "na raça", mas sim que houve um aprimoramento, com dispositivos que nos dão um maior público que os acessa. Que é o caso dos portáteis hoje em dia.

Mr. Kaleb

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 1400
Idade : 19
Data de inscrição : 07/09/2010
Notas recebidas : C
Reputação : 21
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por PedroX em Qui 04 Jul 2013, 14:17

@Brendan

Isso é bem evidente. Quanto mais fácil, mais popular. É claro que isso implica um monte de problemas, mesmo que indiretamente, como o analfabetismo (de linguagem mesmo), entre outros.

@saim e @Mr. Rafael

Concordo também. Acredito que nós, programadores intermediários, devamos nos focar nas plataformas portáteis mesmo. Isto é: Android, iOS, Windows Phone, etc.

Acredito que é hora de esquecer linguagens grandes. Para todos os efeitos, conhecer uma pode ser útil. Aprender bastante sobre HTML5/JavaScript é uma excelente ideia. Não acho que compense ficar aprendendo sobre SDKs do Android e iOS. O GM:S e Construct serão suficientes para todos os programadores de meio-termo, embora uma hora a criatividade para criar jogos originais terá que ser grande.


Última edição por PedroX em Qui 04 Jul 2013, 17:49, editado 1 vez(es)

PedroX

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 6034
Idade : 21
Data de inscrição : 26/07/2008
Notas recebidas : C+B
Reputação : 286
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por Misterioso em Qui 04 Jul 2013, 14:57

Concordo com:

CRP-Max escreveu:Acredito que na logica da evolução os portáteis logo estarão acima dos Desktop.

Cada que dia que passa Empresas famosas estão cada vez mais se focando em Jogos para dispositivos portáteis, um exemplo disso é a Nvidia que revelou seu console portátil com Tegra 4 chamado Nvidia Shield. Roda jogos de Android e, em fase beta, jogos para PC também – como Batman: Arkham City, Portal 2 e Skyrim. Na verdade, ele faz streaming de jogos do seu PC, e requer uma placa de vídeo Nvidia GTX para tanto. Com isso dá pra perceber que os portáteis logo estarão acima dos Desktop. O PedroX também recentemente postou um tópico sobre outro console, o Ouya, que também é outro grande avanço.

Misterioso

Ranking : Sem avaliações
Número de Mensagens : 43
Idade : 19
Data de inscrição : 01/08/2012
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por GameMakerTutoriais em Qui 04 Jul 2013, 16:15


Na verdade, eu acho que nós fomos meio 'tendenciosos' nas opiniões. Quando digo que a facilidade de uso é um fator de peso na decisão, não quero dizer que seja necessariamente o único. Claro que não. O preço, aliás, que foi a maior proposta do Linux portátil, contava muito pra baratear o custo do aparelho (e ainda conta). Imagine o Android...

Vamos usar o exemplo deste console da NVidia. Rodar jogos via stream é um motivo pelo qual eu não o compraria. Acredito que muita gente também pense assim (pelo menos em nível da nossa realidade no Brasil). É claro que um programador indie que queira retorno vai tentar lograr esforços naquilo que é mais popular. Logo, um aparelho desse tipo poderia significar prejuízo.

Eu gostei da opinião do The Games Never Finish. É adaptação, também. Isso é uma quantidade de fatores e cedo ou tarde você terá que se adaptar, caso a sua pretensão seja ganhar dinheiro.

Criar para o Android é a oportunidade que o Game Maker passou a oferecer, mas se a YoYo ainda insistisse na ideia de mantê-lo no Windows, talvez muitos que usam atualmente o GM nem pensassem no Android como pensam agora. A diferença é que quem está se adaptando é o software de criação, não o programador. É um bom motivo pra não abandonar qualquer linguagem, já que, com o motor, faço jogos pra todas as plataformas sem esforço.

Na velocidade em que as coisas vão, se daqui a 5 anos alguém conseguir a façanha de inserir no mercado um novo sistema que faça frente ao Android, o panorama vai mudar outra vez. Mas por hora, o Android é o cara. Eu reforço minha opinião que: um portátil pode sim substituir um desktop.

GameMakerTutoriais

Número de Mensagens : 800
Data de inscrição : 29/01/2011
Reputação : 26
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [discussão] Desktop vs Portáteis

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 04:00


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum