Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Idéia Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Sab 02 Jun 2012, 19:56

Inicialmente, Comecei a escrever um comentário sobre o game do Joton(Chão Brazin)... Só que aí as idéias vieram e o post ficou demasiadamente longo, que achei melhor postar aqui, mas o conteúdo ficou um tanto na minha própria opnião; polêmico, por isto decidi enviar antes para o [Fale conosco] para uma avaliaçao e ver o que poderia postar.

Eu até gostei do que escrevi e além de ideias, um desabafo, mas acho que fogia às regras* do fórum.*(regras essas que ERAM demais exageradas, que qualquer deslize mesmo pequenino ou inocente, era sumáriamente...! obrigado tá bem melhor agora! Mais compreensivos.)

Bem, fui autorizado por um adm e acredito que nao terei problemas e por isso compartilho com voces, algo que pode lhe ser úteis, ou nao.

Aviso que o texto tá beem extenso, mas acho que vale a pena voce ler, se estiver mais perdido do que eu, sem idéias... e etc. Críticas fiquem a vontade if not ofense... I like! *(o adm recomendou por no spoiler)
Leia aqui o texto:
Quanto a criar jogos com cenários brasileiros, é uma boa. Mas tá faltando personagens brazucas! Os gringos, eles já sacaram! Repare que, de uns tempos prá cá, já começou aparecer em seus jogos, incluindo personagens brasileiros!
Até aí tudo bem, ficamos até lisonjeados! O problema é a forma que nós somos representados nesses games! Vocês se lembram do primeiro street figter do super nintendo? Pois é, o único personagem brasileiro lá era o "Blanca" e ele nem era um humano normal! E o cenário? Podia ser qualquer outro lugar do planeta! Irreconhecível! Tá certo que, era uma aldeia... indígena é que nao era, não fazia sentido! Tá legal, um jogo nao precisa fazer sentido pra fazer sucesso!

Há... Tem outro, o final figth3, o tal Carlos? Brasileiro e... ninja? Por que nao um capoeirsta? Eu pessoalmente nao sei jogar capoeira nem me esforçei por isso mas, por que nao capoeira? A arte marcial e oficial brasileira e que representa melhor nosso Brasil, é inegavelmente a capoeira! Tá certo que, nós brasileiros somos meios... como direi... aficcionado nos filmes "roliuduanos", e esse troço de "ninjometro" tá bem arraigado em nossas mentes! quem de nós ja nao se imaginou um: super homem, um rambo, um super ninja e etc? Eu inclusive! Na verdade estamos tao ligado a essa ideia que, quase todas nossas inspiraçoes, vem de lá! Quanto aos games que tem personagens representando o Brasil, tenho certeza, dos criadores do game, tinha brasileiro lá!
Há algum tempo atrás, comceberam outro game de luta o, Tekken3 a capoeira lá é bem representada e nas cores do Brasil e tal! Mas e o personagem? Brasileiro? É um tal de Eddie! Bem, muita coisas nossas, existe, apareceu e ainda vai aparecer nos filmes e "games". Não me peça para citar os com essa características pois não vou saber dizer! Pelo menos um que eu vi, e apesar de achar muito legal os gráficos e jogabilidade, não gostei da alusão, da idéia, o incentivo! E prá quem foi criado esse game? Prá eles! Não sei qual é, acho que é "call of dut" ou o novo "cowntry strike" do Xbox (aquele que se joga na favela do Rio de Janeiro!) E adivinha: fazendo o quê: Americanos matando brasileiros!Tá certo... bandidos, malfeitores! Mas... brasileiros!?
Perdoe se eu estiver errado, mas sei que tem, e que vai vir mais! E principalmente com nossa ajuda, os próprios brasileiros! Sem mais comentários...

Pera aí! Voce me pergunta: Qual o objetivo desse post?
Na verdade pensei em em fazer um tutorial talvez, mas nao sei no que se encaixa, tá mais para ideia, sei lá!

Continuando:
O problema de se criar jogos com temas do Brasil, é que não temos, Me perdoem se eu estiver errado... aquela gana patriota! Não onseguimos criar um ídolo sequer, um heroi. Fictício pelo menos, e de respeito! Os únicos ídolos que temos é do futebol... mas nao somos todos nós, fans de futebol!
Ignorando esse detalhe, façamos uma lista de quantos super herois made in USA, nós conhecemos, idolatramos, cultuamos, adoramos, amos, amos, amos, amoos, amooos, amoooos, amooooooos!!!...?

Eu começo (pra rir):
Super "ome", super "muié", super pivete(super boy)", super "guria"(super girl), "muié maravia", ome aranha, "mosquito", "freshi", "lamparina", hulk, "4 fanáticos", "xis men", "tor", ome "murcego"... ... ... ... ... ... ... ...e por aí vai!

Agora heroi brasileiro: ... ... ... ... ... ... ... ...... ... ... ... ... ... ... ...... ... ... ... ... ... ... ... Ei me diz aí! Super... ... ... cri, cri, cri, cri, cri, cri, (silencio é tanto que dá pra ouvir grilos cantando!)

algum!? lampiao? Morreu, era fora da lei... D. Pedro: nao vejo história dele em batalhas... Sinceramente. Uma coisa boa ele fez, mas se deu mal.
Nao consigo ver algum jogo com a história do Brasil... Nao que eu nao seja patriota, mas nao consigo, nao sei extrair um heroi brasileiro...
Aaaaaaaaaaaaaaah! Cheeeeeeega! Cansei!

Agora, acho que deveriamos dar um basta nisso! Chega dessa americanização! Poxa vida! Nó temos de ter nossa própria identidade! Vamos nos unir e criar nossos próprios personagens prá nós brasileiros e de repeito! E a partir deles nós poderíamos criar incontáveis aventuras em nossos jogos não só matando zumbis americanos mas também, protegendo nosso amado Brasil e seus habitantes! de algum mal (que provavelmente poderia vir de outros continentes!) Acho que podemos sim, usar e aproveitar as histórias americanizadas, usadas nos filmes, paródia-las! (Viva a liberdade de expressão!) Já que eles fazem isso, principalmente em escala global em filmes e games, em que o tema sugere a destruição da humanidade, seja por vírus, terrorismo, guerras, cometas invasões alienígenas, ataques virtuais e por aí vai...
Vamos criar nossos proprios personagens! começando pelo nome! nada "ingleisado"! Nada de: super, hiper, mega, Sr, Mr, Capitão e etc. Nem nomes chulos que não imponha respeito. Tipo: Senhor/senhora... calça, cueca, calc* codorna... pirulito... creeedo!
Podemos criar não só um heroi, mas vários! Nem que seja apenas fictício! Assim, E teremos aí, material ilimitado! E esses personagens poderiam ter poderes limitados à nossa imaginação. Podemos criar algo que enobreça nossa nação(apesar da política e leis...)! Voces se lembram da campanha do Collor? ele lançou um joguinho besta na época mas mto legal! Era um jogo num panfleto em que tinhamos que caçar marajás tipo um "onde esta o wolly" do mcdonald's.

Todos nós já ouvimos falar dos herois nacionais, e muitas histórias contradizem esses fatos de heroísmos, e nisso, quantos de nós já fugimos das aulas de história, por considerarmos chatas? Mas vai lá nos states, frança, japão e outros pra ver, eles sentem orgulho de seus países e de seus ancestrais, que mesmo cometendo atos injustos(?), são considerados herois e defendidos com veemência! Para quem assistiu "Capitão america"(mto bom por sinal) isto se comprova. Daí um sujeito com milhares de idéias, pegam a história e cria incontáveis mundos, se baseando em fatos verdadeiros ou duvidosos, e criam seus herois fictícios. A desculpa para o surgimento dessses herois, é a descarada injustiça. E como um cidadão comum, poderia combater esse mal, sendo ele, frágil? aí acontece milagres do nada!
Acidentes ou motivos que criam herois: Uma aranha no laboratório, raios, radiação, conhecimento e habilidades, sentimento de vingança ou justiça, falta do que fazer e alienígena adotado achado e abdçao. Os vilões seguem o mesmo padrão.
Eu tinha e ainda tenho personagens para dez gibis diferentes, estou tentando adaptar para os jogos que estou planejando, já que ainda não consegui sucesso com gibis. Mas infelizmente desses dez, não consegui criar sequer, nenhum personagem brasileiro, a não ser um capoeirista que raramente iria aparecer nas histórias. Estou tentando mudar isso.

Por que resolvi postar isso?
É que de uns tempos prá cá, me veio uma idéia Genial, que poderá mudar em muito nossa forma de criar jogos!
É claro que, vocês ainda não viram jogos criado por mim, porque ainda não os fiz! estou estudando gml para quando mostrar algo, que seja algo que valha a pena.
Mas a idéia está formuladada e repensada! Minha intenção era (ainda é), ganhar um troco com o jogo que formulei, pensei bastante e sei que algum dia vai dar certo e aí então colocarei minhas idéias em prática e darei um upgrade financeiro na minha vida.
----------------------------------------------------------------------------
Bem pessoal, Talvez eu tenha feito um alarde, dizendo que minha idéia era isso e aquilo, e não coloquei nada que identificasse a idéia em sí. Nossos herois, como criar? Sabe quem são os herois?
----------------------------------------------------------------------------
[Roteiro]
Essa questão é o que martela nossas mentes quando pensamos em criar algo. Então nesse ponto, muitos de nós desistimos pelo fato de não termos mais inspiração. Aí Vem alguem e diz: é fácil criar um personagem!
Eu não concordo com isso, criar um personagem requer estudo em todos aspectos que envolve esse personagem. Afinal estamos criando aí uma vida! Fictícia, mas vida.

[Personagens]
Afinal de contas, quem são os nossos herois? Olhe a sua volta! olhe pro lado, se olhe no espelho, olhe para sua família, veja quem está ao seu lado a sua frente acima, em todos os lados você verá um heroi!
Como? Exemplos: Em casa no espelho você é o heroi! o que faz de importante? acorda cedo, toma café, se prepara para ir estudar, trabalhar, volta, vai jogar videogame, assistir tv, divertir, passear, viajar, ajudar alguem, trabalhar, vagabundar, navegar na internet, entrar nesse fórum para tentar criar um game aprender... e vai dormir Você viu um heroi aqui? Eu vi! imagine a mesma cena em um game:

-acorda cedo-pode se criar um game tipo tetris em que você tenta acordar no horario mas os objetos do sono o tornam um dorminhoco eterno!
Como? As peças do sono vão caindo e você pode desviar "o pensamento imaginario (o heroi neste caso)" até chegar em determinado tempo, ou encaixa os tijolos do sono igual a teris.
-toma café-um game em que voce vai aparando os cafés nas chicaras.
-ir estudar, trabalhar-um jogo de corrida de obstáculos onde imprevisíveis acontecimentos reais tornam o game interessante, tipo ataque de cães e rivais no percurso, imbutido um jogo de perguntas e respostas tipo de matemática e/ou de encaixes ou outro que lembre o trabalho.
-jogar videogame-um joguinho até besta de corrida em que você pode correr atras de videogames, um hardcore... dá para imaginar várias situções só com isso! Imagine agora a mesma cena: mas agora você é um/uma super alguma coisa que está se passando por cidadão(ã) normal e que nos momentos de folga resolve ajudar os necessitados com seus poderes que pode er desde entortar garfos até explodir o mundo! As meninas super poderosas po exemplo! podia ser: os meninos, os aposentados e perigosos...

Resolvido isso, falta então roteiro para o jogo ter sentido! O problema é que, você não sabe nem por onde começar! Aí vem o Moises e fala: usa os fatos da sua vida cotidiana, e você: que graça tem? saio de casa e vou andando pelo acostamento passo rua tal, passo loja tal, viro a esquina tal, encontro os amigos tal e vamos juntos para o ponto de ônibus. Entramos no ônibus o seu zé (devia se aposentar) quase bate o ônibus e nós quase!...

O jogo:
trace um mapa de sua casa até o destino, coloque o personagem para te representar e comece: um jogo de labirinto para você sair de casa, um jogo decorrida pelo acostamento, perigos vindo de carro, lama, animais, vento, chuva e inimigos. no ponto de ônibus: um jogo do tipo aquele que o sapo atravessa o rio pelas toras, no caso evitaria chocar com os abjetos no caso automóveis e entraria no ônibus. No ônibus: você é o motorista e o ônibus é difícil de guiar (gravidade desestabilizam a direção) e evitar bater jogo de corrida.
Os outros herois o lixeiro, por exemplo pde se criar um jogo em que o lixeiro tenta varrer a cidade mas o lixo se acumula, o bombeiro apagando fogo, o plicial atras de bandido (pacmam) e etc.

Idéias iniciais:
Super heroi... só vi algo parecido em contos nordestinos! Quem representa o Brasil?
-O super papagaio, onça, macaco em extinçao, por que nao? um game em que os animais se revoltam contra o desmatamento... Hum... Opa! temos aqui uma bela história e personagens brasileiros!!!
Alguem viu o filme "Deu a louca nos bichos"? Copia mano! Copy! Copy and translate for brasilian, make it! Assim:

Imagine-se na pele de algum animal para invadir a cidade já que a mata está sendo destruida!

que tipo de game daria isso:
Maze! Onde seu objetivo é entrar por algum lugar na cidade desviando de pedradas, pauladas, atropelamento... e fugir do fogo e salvar os filhote ou tentar apagar o fogo.

Ou simplismente, vc é uma formiga ou abelha em que o objetivo é acumular recursos para o inverno. vi um sistema parecido no forum.

Os indios contra a invasao de suas reservas? daria um bom
space invaders, hardcore, age

-O bombeiro apagando fogo, policial pegando bandido
daria: megamanX, pac-man, zelda, gta topview.

-E porque nao jogos em que o personagem imaginário é vc? se imagine na pele de um super alguma coisa, e espanque seus inimigos imaginários! voce é um ninja samurai... nao um viajante itergalátco... vc é o dark vader... nao vc é o karate kid! himen... sei lá! Pega essas historias e faça ser a sua! nao digo clonar o personagem ou a história refaça a historia, imagine um por exemplo:

Voce é o homem aranha braziles(nao precisa ser uma aranha nem laboratório):
voce nao e o peter, talvez, um zé ninguem, aí voce ta por aí... ou trabalhando de repentíiiiii... leva uma baita de uma "mordida de um scorpiao" aí de repente do nada voce sai voando e tem os poderes do sei lá! Aí poderoso vai em busca de justiça ajudar quem e por que? voce é que precisa! Ta sem grana... usa a super força pra ganhar um extra. daí resolve ajudar alguem... bate nuns fortoes... aí começa a pancadaria... puxa vida vai ter que encarar toda a favela!!! Daí... chega o exército... (Respeita Oo!) sua missao: pra se justificar: resgatar refens ilesos... e por fim.... se vira, por que eu to sem idéias no momento pow! por acaso nao viu minha assinatura? No mas... buena sorte muthatho/xica.
Edit: Espero tenham gostado.
Por favor, desconsidere que eu escrevi após este post inicial...


Última edição por moisesBR em Seg 04 Jun 2012, 10:32, editado 1 vez(es)

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por Eudes - Hyo em Sab 02 Jun 2012, 20:16

eu li. Recomendo que leêm, pq vai inspirar muita gente que está sem idéias pra um Game.

hahaha, que texto grande. Parabéns pelo post, bem manero.
Eu realmente concordo com a idéia de criar personagens próprios ou que possam ter relação com uma situação de nosso país.
Eu ainda não consegui imaginar personagens assim,
mas seu post é um ponto de partida pra boas idéias.

Eudes - Hyo

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 513
Idade : 32
Data de inscrição : 02/06/2009
Notas recebidas : E + B+B
Reputação : 27
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por mayck em Sab 02 Jun 2012, 20:38

Algumas coisas que concordo como a "Exploração" de personagens brasileiros por exemplo.
Mais na questão de jogos e complicado, brasil um pais em desenvolvimento ainda comparando com outros países como o estados unidos que tem grandes empresas focadas em games, lá eles tem recursos para fazer seus projetos filmes, jogos etc.. no brasil você já não vê essa disponibilidade toda.
Em jogos de lá você vai ver matando não só brasileiros mais de diversos países, o brasil não e focado em tecnologia como você vê em outros países infelizmente o brasil tem muito futebol em quanto o brasil poderia estar trazendo novas industrias para a nova " era digital " elas pagam fortunas em estádios entre outras coisas.
Você já viu algum game brasileiro que tenha feito sucesso ? Muito dificilmente você vai se lembrar de 1 por que o brasil não da estrutura pra empresas se firmarem aqui e produzirem jogos nacionais ou filmes devido a impostos e de equipamentos custarem muito caro comparado a outros países.
Conclusão : Não estou dizendo que brasileiros não tem criatividade para fazer filmes,jogos ou personagens talvez eles não tenham oportunidades para mostrar a sua ideia e expor o seu trabalho,

mayck

Número de Mensagens : 370
Idade : 20
Data de inscrição : 11/01/2010
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Sab 02 Jun 2012, 21:56

Verdade. Falta incentivos, no Brasil, nem os genios sao reconhecidos! A nao ser... que ele por si próprio comece a ganhar muita, mas muita grana mesmo! Ou, tenha pelo menos 1.000.000 de acessos no "iutubi" mesmo que seja por um "videozecozinho" besteirol onde vc paga um baita monkey e mostra em rede mundial... ex: "para nossa alegria" irc! Mas que ficou engraçado, ficou.

Espero que com esse sei lá o que (tutorial?), possa ajudar outros users.
O fato é que nao aguento mais ver:
Meu "gaimi" ultra, super hiper, master e etc! Até mesmo o jogo do Joton no nome ainda tem "brazin" kkkk Nada contra os americanos, eu inclusive adooooro seus firmes gaimes e etc que sao muito bons por sinal!

mas acho que podemos cria algo com nossa historia, mesmo que fictícia!
Sem incetivos? Azar! nois consegue e quando conseguir banana pra eles! Grunf!

Ei! Alguem pode me dizer o que fiz? isso é um tutorial ou o que? Sinceramente eu nao sei!

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por Joton em Sab 02 Jun 2012, 22:09

Aff me obriguei a ler todo seu texto, foi difícil por ser enorme e ter muitas ideias soltas Mad

Cara no passado eu me questionava porque não temos nossos próprios heróis porque recebemos tantos enlatados americanos, mas cheguei numa conclusão que isso não é exclusividade do Brasil, isso ocorre em toda América latina, somos da republica da bola e novela e corrupção, isso não vai mudar tão cedo mio amigo, só as novas gerações (quando nós já fomos avós e avôs) podem mudar essa situação.

Concordo que não temos heróis que lutaram bravamente pela pátria, como adoro história do Brasil conheço muita coisa relativo ao contexto.

Vou colocar meu ponto de vista sobre a história do Brasil aqui:
Spoiler:
Todo mundo fala que Lampião é um herói brasileiro assassino, porque saqueava e matava. Mas aqui no sul do Brasil temos os bandeirantes, que estão em nome de avenidas, ruas e etc. Para mim eles não eram diferente de Lampião, pois saqueavam e matavam índios.

Dom Pedro pai e filho eram dois corruptos lazarentos, o filho extremamente mulherengo e comprou a independência do Brasil.

Tiradentes foi para proteger alguns aliados e era outro corrupto lazarento.

A guerra do Paraguai foi para atender a vontade da Inglaterra(Grande potencia na época). Segunda Guerra porque os Americanos desfaçados de nazistas afundaram navios brasileiros.

O único que realmente que lutou por um ideia, e pouco valorizado é zumbi dos palmares, alguns historiadores afirmam que ele vinha de uma tribo africana onde o mesmo era guerreiro e dominava táticas de guerra, por isso não aceitava ser subordinado.

No meu ver criar jogos com temática totalmente Brasileira, talvez seja fracasso na certa por os filmes americanos ou jogos, não foca somente na cultura deles, se você reparar ele colocam temática universal, tipo o bem e o mal, amor impossível, agora que pode acontecer em qualquer lugar do mundo, mas que acontece justamente em solo USA, só depois se coloca elementos da cultura deles.

Por isso fazer um jogo totalmente de capoeira seja mais arriscado, que um jogo como Street Fighter que mistura várias forma de luta do mundo todo. A formula é fazer algo que tenha pitadas de Brasil e não totalmente com cultura Brasileira, nem os próprios brasileiros iriam gosta do jogo. Muita gente reclama por causa do Blanka por ser o mais conhecido, mas duvido que o mesmo conhecem o Oro do street fighter, que foi uma homenagem ao patriarca da familia Gracie que aperfeiçoou jiu-jitsu, conhecido como jiu-jitsu brasileiro.

Spoiler:


http://pt.wikipedia.org/wiki/Fam%C3%ADlia_Gracie

Sobre criar uma estória para um jogo, tenho a mesmo forma de compor as minhas, primeiro imagino uma situação, crio o tal herói e finalizo a trama, vou usar o jogo sub_mar:

imaginei primeiro submarinos atacando o Brasil, por qual motivo? Eles querem tomar a água potável. Crio o herói no caso próprio submarino brasileiro e por fim alguém para narrar ou auxiliar no progresso do herói.
A grande maioria de roteiros seguem algo parecido, note que sempre é apresentado o problema, nasce o herói, aparece alguém para guia-lo no começo, ao enfrentamento com o vilão e fim.....

Sugiro que foque em uma coisa só, o mal de qualquer desenvolvedor indie e querer fazer todo que der na tela, alimente sua ideia durante algumas semanas e você ainda sente vontade de fazê-lo é porque é algo bom.

Ps: não revisei o texto por preguiça, se tiver muitos erros você sabe o motivo.

Joton

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 836
Idade : 28
Data de inscrição : 25/07/2010
Notas recebidas : A+B+C
Reputação : 5
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 2
   : 0
   : 0

http://jotonsn.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por cascavelo em Sab 02 Jun 2012, 22:37

Que tal promover um concurso de longa duração com temática brasileira? co música, cores e personagens brasileiros. Acho que seria o maior barato. Taí algo que eu ia gostar de fazer.

cascavelo

Ranking : Nota A
Número de Mensagens : 1011
Idade : 46
Data de inscrição : 08/12/2011
Notas recebidas : A - A - A - A - A -A -C
Reputação : 71
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 1
   : 2
   : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Sab 02 Jun 2012, 23:02

Que belos exemplos nos temos! Que belos incentivos! Mas quer saber? podemos tirar algo bom filtrando o que importa, vamos imitar eles!

Um game totalmente brasilez pode até nao vingar, concordo, mas nao impossibilita de ampliar nossas fronteiras em relaçao a games, o que incentivaria novos projetos em brasilez! Só precisa de uma iniciativa. Alguem com coragem e conhecimento. Eu, se pudesse o faria, mas meus conhecimentos sao muitos limitados. Tenho a idéia e pretendia ganhar com ela, mas pelo que estou vendo, parece um sonho quase inatingível! chiuf... Estou quase revelando-a ao forum pra conseguir ajuda e torna-lo realidade.... (?)

Esse Oro... Kkkkkkk! que bixo feio! nao podia ser um mais ajeitado? Grunf!
Joton escreveu:...alimente sua ideia durante algumas semanas e você ainda sente vontade de fazê-lo é porque é algo bom.
Justamente! Se é assim, o que tenho em mente é bom pra cacilds!!!!!! Semanas??? Anos!

Concurso? Aí é com voces! Seria interessante ver o que se passa na cachola de nós users... Ei espalha aí esse tópico! tá destacado na minha assinatura também! talvez inspire outros users.

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por luan.alc em Dom 03 Jun 2012, 00:17

Cara li, muito bom seu tópico, recomendo que leiam...

Vou citar um pouco minha aula de geografia, meu professor, excelente professor, falando para conosco, contou que todos os Americanos, tem amor à pátria, você pode chegar a qualquer americano, e mandar eles cantarem o hino, cantaram.

Agora, chegue em um brasileiro, e mande cantar o hino completo, uma grande maioria só sabe a primeira parte do nosso hino, eu confesso, só sei a primeira parte do nosso hino, e muitos ainda tiram brincadeira com nosso hino, nós apoiamos muito os atos americanos, e nos rebaixamos muito.

O brasil tem tudo para ser um potencia, mas, para que isso venha a acontecer, o povo brasileiro, tem que querer, meu professor falou que muitos, colocam bandeiras dos EUA nas suas casas ... desculpem-me sair um pouco do assunto .

a parte do Street Fighter, mesmo quando eu não tinha noção do que era a vida, já ficava me perguntando. Porque será que o único personagem brasileiro é um macaco ? Nós, temos que fazer nossa parte, temos que dar mais importância a nossa terra, temos que criar, temos que revelar, o que temos de melhor .

Eu sei que o brasileiro tem capacidade, só precisamos, de apoio, e moisesBR tu tem todo meu apoio cara, parabéns pelo tópico !

luan.alc

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 293
Idade : 20
Data de inscrição : 13/03/2012
Notas recebidas : B
Reputação : 3
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por cidmarcos em Dom 03 Jun 2012, 00:27

Estou sem palavras com esse desabafo, é verdade que nós temos muitas coisas americanas para nos influenciarmos, mas vc tem que ver que nós temos muitas coisas brasileiras comentadas por ae! como o futebol e o samba, que várias vezes já foi representados em desenhos.
Sem contar que o futebol brasileiro aparece em games né? Soccer 98 do Super nintendo, O Brasil estava lá numa boa. (assim como outros países eu sei) bem, até onde eu sei, fica díficil fazer uma imagem brasileira para jogos, com sucesso, um exemplo disso é o Capitão America, nas HQs antigas, ele caçava muitos nazistas, então era apenas uma representação em forma de HQ do estados unidos contra as forças nazistas da alemanha, Nós não poderiamos representar algo histórico nosso? sei que é dificil, mas não impossivel, (outra coisa, o Brasil deveria fazer mais games! acho poucos os games brasileiros de sucesso, e nenhum faz lembrança ao nosso folclore)

cidmarcos

Ranking : Nota D
Número de Mensagens : 177
Idade : 21
Data de inscrição : 26/05/2012
Notas recebidas : E+D
Reputação : 7
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

http://www.facebook.com/DragaoDeOuroJogo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por Super Maker em Dom 03 Jun 2012, 09:17

Por favor não vamos começar uma guerra com eles rsrsrs brincadeira.
É verdade os caras se dão bem nos deixando lá em baixo nos jogos deles, mas o que falta mesmo pros brasileiros, é dedicação.
Levar a sério nessas produções. Eu diria que formar uma equipe de responsabilidade da um ótimo resultado.
Deixar a mente fluir e não descartar nenhuma ideia sem avaliar antes.

Gostei do tópico. Alguém tinha que falar alguma coisa sobre isso mesmo.

Super Maker

Número de Mensagens : 646
Idade : 33
Data de inscrição : 09/07/2011
Reputação : 6
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por Witen em Dom 03 Jun 2012, 09:39

Nao consigo ver algum jogo com a história do Brasil... Nao que eu nao seja patriota, mas nao consigo, nao sei extrair um heroi brasileiro...

Besouro XD! ele era escravo é pratica capoeira ~~'

Nossa dei tanta risada! mas pior que é verdade enquanto o brasil não for industrializado ele não terá valor la fora! Esses dias eu estava vendo que a maior industria dos filmes "Roliude" XD faz filmes denegrindo a imagem dos países pobres é aumentando a imagem deles.

Witen

Ranking : Sem avaliações
Número de Mensagens : 515
Idade : 17
Data de inscrição : 23/05/2012
Reputação : 36
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

http://www.wibix.webs.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Dom 03 Jun 2012, 12:39

Super Maker escreveu:...não vamos começar uma guerra...
Deus nos proteja Eu apenas ressaltei a idéia, de criar games com tema e personagens brasilleiros, e dei algumas sugestoes!

Apesar de nossa aparente falta de civismo, podemos pelo menos sonhar!
Estava olhando uns sites lá do oriente médio, até passou certo tempo atrás na tv, os herois que eles criaram no intuito de incitar jovens guerreiros à sua causa! Eram gibis contando uma historia deles e etc de forma divertida e ao mesmo tempo educativa(lavagem cerebral) ah, o quanto somos maleáveis... Eles no entanto até se sacrificam!
O sistema era igual essas cartilhas que o governo bralileiro distribui de tempos em tempos onde a intençao é educativa(frustrada e sem graça). Creio que voces se lembram(zé gotinha por exemplo).
O segredo do sucesso, a tv ja sacou, o imperador nero* e inclusive os EUAs também! Dar ao povo diversao! [*]*(leia na web, como o imperador conseguiu controlar o povo! Ah Brasil tá fazendo o mesmo na forma de futebol... de quem foi essa idéia mesmo? É uma febre estao até se matando em torcidas(gangues) organizadas)

Bem, nao posso reclamar mais, caso contrário o assunto vai fugir do contexto. Só pra fechar essas indagaçoes que fogem ao assunto, o Nosso país está começando a se destacar entre os demais principalmente quando se trata de esportes! nisso nós nos destacamos! Pelo menos isso.

Minha opiniao ou... Conselho:
Voce user que ama o nosso Brasil assim como eu, se as idéias apresentadas lhe inspirar, faça isso, com prudencia! É claro que, daqui da gmbr, serao pouquíssimos que irao criar algum jogo de verdade, mas devemos ser cautelosos quanto aos enredos! Exemplo:
O mundo está em guerra, o brasil ataca o país tal a grande potencia se rende e o Brasil massacra eles.

Nao entendeu? Ve agora:
O nós do fórum estamos em guerra, o MoisesBR ataca VOCE que se rende e o MoisesBR massacra VOCE por que é melhor que VOCE!
Gostou? Eu nao iria gostar!

Só proque ales se acham os tais, desafiam o mundo, mostrando seus dotes militares, mesmo em forma de games ou filmes, nao quer dizer que devemos fazer mo mesmo. Tenho certeza duma coisa, podemos até nao ser todos nós cívicos e nem sabemos, nem mesmo cantar o hino nacional, mas se Deus nos livre, tiver algo que envolva a segurança nacional, até bandido vai se unir, na defesa do Brasil, afinal estamos todos no mesmo barco. Posso estar errado.
Resumo: nao é porque sou bom de briga, que vou sair po aí arrotando valentia ou provocando. Entendeu? Minha vó costumava dizer: "Em cima de um morro(serra. monte) alto, sempre tem um mais alto"

Se entendeu, beleza, se nao sinto muito, esse tópico nao é pra voce.
Tá bom, entendeu mas sua idéia era justamente essa! E agora?
Simples: simplesmente nao coloque nomes de paises existentes ou que lembre algum conhecido, nao descaradamente. Lembra do Metal slug? la eles nao colocam a suástica, mas um X! Só que lá ta bem destacado o X lembra muito a suástica! Nao faça isso! Nao é medo, é apenas prudencia. Eu disse que era um assunto polemico!

cascavelo escreveu:Que tal promover um concurso de longa duração com temática brasileira? co música, cores e personagens brasileiros. Acho que seria o maior barato. Taí algo que eu ia gostar de fazer.
Beleza! ADMs???

Off topic: vc que ainda ta sem ideias, apesar de ter lido... leu mesmo? Fala aí que baseando no que eu disse, nós achamos algo.

Té mais galera qualquer coisa to on no msn e yahoo menseger

Edit:
Vai ver que A identidade do brasil é apenas futebol, CPI e samba kkkkkkkkk!
Pronto temos aí mais uma idéa pra jogo, kkkkk!
CPI: um jogo de tiro ao alvo em que a arma é uma caneta, montanhas de papeis... e martelo do juiz, em que o objetivo é conseguir manter na mira algum lalau!
bonus=subornos, healt= processos, continues=dinheiro do paraizo fiscale por fim o the end=pizza!

Samba:Um jogo onde vc equilibra/controla um pandeiro ou com a sequencia de teclas dança.
sem mais no momento. Té!

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por mayck em Dom 03 Jun 2012, 23:24

Não adianta alguém querer ficar ressaltando culturas brasileiras(que não são lá grandes coisas).
Pensa bem, um jogo com o mula sem cabeça tentando te matar onde você é um funkeiro(Nada contra) que tem que matar ela usando seu celular que tem mira lazer,metralhadora,lançador de granadas entre mais algumas coisas, você compraria esse jogo ? aposto que nem daria atenção.

Acho que um jogo pra poder representar bem o brasil não precisa ter pessoas sambando ou soltando onças pintadas por ai, somente que o jogo seja criativo e tenha um nome brasileiro nele.

mayck

Número de Mensagens : 370
Idade : 20
Data de inscrição : 11/01/2010
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Seg 04 Jun 2012, 00:42

Tá bom, tá bom! Retiro o que eu disse. Acho que quando algo está indo bem, como o post inicial, nao deve ser mexido... como se diz: "nao se mexe em time que está ganhando!"

O post anterior a este foi uma idiotice minha... pena que nao posso modifica-lo, por causa da resposta posterior do user mayck.
Mas vou riscar!  Isso posso, nao?

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por Esaucm98 em Seg 04 Jun 2012, 01:09

amigo, se quiser ser reconhecido la fora , como um criador de jogos brasileiro, nao precisa fazer um jogo de capoeira por exemplo, faça um jogo normal e bom, que as pessoas joguem, nao precisa ter nada a ver como o brasil (assim como MARIO nao tem nada a ver com o JAPAO) mas faça o favor, nao divulgue o jogo so aqui, coloque no youtube, coloque no indiedb, existem vários sites pra isso, mas so postando jogos aqui, pra concurso quinzenal etc nao vai fazer fama nenhuma...

Como o super maker disse, tem que fazer algo de qualidade, com uma boa equipe, algo que as pessoas queiram jogar, dai sai o reconhecimento.
essa e minha opiniao..

edit:

acho que e da natureza do estadunidense ter preconceito contra QUALQUER latino e principalmente latino-americano..


Esaucm98

Ranking : Nota D
Número de Mensagens : 275
Data de inscrição : 13/05/2012
Notas recebidas : D
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

http://www.legioncrafters.tk

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Seg 04 Jun 2012, 10:03

Beleza! É um bom conselho, e se acaso eu ou algum user chegar a tanto, podes ter certeza que essa dica vai ter proveito.

chiuf. Eu devia apenas ter deixado o post inicial, mas nao, eu tinha que abrir o bico e estragar tudo... Por favor desconsiderem o que eu disse após o o post inicial.

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por saim em Seg 04 Jun 2012, 11:32

Achei o tópico interessante no sentido de discussão do processo de criação de personagens. Quanto ao nacionalismo, vi um monte de bobagens que vou tentar polemizar um pouco, pra ver até onde a coisa vai. Mas antes, quero discutir a criação de personagens brasileiros vs personagens americanos. Vou quotar algumas coisas que foram ditas mas é mais pra servir de ponto de partida na minha opinião.

A desculpa para o surgimento dessses herois, é a descarada injustiça. E como um cidadão comum, poderia combater esse mal, sendo ele, frágil? aí acontece milagres do nada!
Acidentes ou motivos que criam herois: Uma aranha no laboratório, raios, radiação, conhecimento e habilidades, sentimento de vingança ou justiça, falta do que fazer e alienígena adotado achado e abdçao. Os vilões seguem o mesmo padrão.
Na verdade, um personagem pode ser motivado por qualquer coisa, contanto que o trajeto até o sucesso (ou fracasso) seja contado de forma interessante. Os super-heróis são interessantes porque fazem coisas que todo mundo gostaria de poder fazer, então fantasias bem construídas em torno do tema tendem a ser populares. A nobreza no caráter deles surgiu devido a um contexto de época. Quando veio a era de ouro dos super-heróis, o mundo estava em guerra, precisava de heróis que enfrentassem os exércitos inimigos sem se preocupar muito com a própria segurança. Antes dos super-heróis, o popular era histórias de adolescentes em confusões amorosas. Politicamente corretos, sim, porque era isso que vendia na época, mas nada de arriscar a vida pra defender a nação. Enfim, um bom personagem depende de um bom escritor, não de bons super-poderes nem de uma causa nobre. O que importa é como a situação se desenrola. É o trajeto, a viagem, não o destino final.
Em games, isso fica ainda mais evidente. Quantos jogos cujo objetivo era salvar o país/planeta/universo fracassaram por usar de jogabilidade ruim ou batida? Em games, a história é secundária, o que realmente importa é como agir durante o jogo. É uma mídia muito mais iterativa que... caramba, que qualquer outra! Um jogo divertido pode até salvar um personagem sem carisma algum. Mas uma boa história dificilmente salvará um jogo meia-boca.

Abrobrinha:
Continuando com a natureza dos super-heróis, vê-se, hoje, que o gênero "bonzinho, certinho" não vende mais como antes. E por "hoje", quero dizer nos últimos 30 anos. O personagem "justiceiro" é a antítese de tudo o que há de correto num super-herói. O Wolverine ficou popular por não ter escrúpulos em matar um inimigo, se isso for necessário. Essa probabilidade cresceu quando ele trocou o "necessário" da frase anterior por "viável". Venom é um vilão que teve sua própria revista. Até heróis "certinhos" passaram a adotar posturas mais agressivas pra manterem sua popularidade. Eu posso continuar por horas.
E isso tudo só na marvel. Hellblazer é um personagem (chamado de herói, mas num sentido bem amplo) que age por motivos egoístas, usa métodos que envolvem, principalmente, trapaça (mas também magia negra) e constantemente se vê lutando contra as forças do paraíso. E todo mundo gosta dele!

Vamos criar nossos proprios personagens! começando pelo nome! nada "ingleisado"! Nada de: super, hiper, mega, Sr, Mr, Capitão e etc.
Olha, tirando o "Mr", nenhum desses prefixos é estrangeiro. No máximo, são universais. Até o "capitão" é uma patente de exército em português. O fato é que o "Capitão América" (captain america) é tão famoso que a patente ficou associada a um personagem americano estadonidense.
Existe um exemplo, o "Celton", da revista "Belô". Pouca gente deve conhecer. É um escritor sujeito daqui de BH que criou, escreveu, desenhou, coloriu (às vezes), editou, distribuiu e vendeu, quase sozinho, as histórias de "Celton", um super-herói que não usa uniforme, não combate ameaças mundiais, não... vende! Infelizmente, o personagem (diferente do autor) tem pouco carisma. As histórias são TÃO focadas em ambientar o personagem na cidade e região que o conteúdo acaba ficando em segundo plano. Pior que isso, não é um personagem que se identifica com o grande público. É um personagem certinho, o grande público não é certinho.
Observação:
Não risquei a palavra "escritor" porque o autor não pode ser considerado digno do título, mas porque ele faz tanta coisa além de escrever que chamá-lo só de escritor seria diminuir suas qualidades. Pra quem não é daqui, conheci o cara parado num sinal. Ele carregava uma placa imensa e pulava na frente dos carros, gritando "REVISTA BELÔÔÔOOOooo". Comprei um exemplar (da primeira revista!!!) por curiosidade, depois mais alguns por simpatizar com a luta do cara, mas infelizmente nunca comprei pelas histórias. Nas revistas ele costuma colocar um editorial onde conta em que locais a história se passa, fala um pouco da cidade e do processo de criação da revista. Gosto mais dos editoriais do que da revista...

Resumo: nao é porque sou bom de briga, que vou sair po aí arrotando valentia ou provocando.
Aí é que está o erro. CLARO que você vai arrotar valentia! Você não é uma pessoa, é um personagem! Se uma gangue de cerca de 500 pessoas sequestra sua namorada pra... sei lá... pendurar ela numa corrente, a solução é chamar a polícia, convencer seus contatos a organizarem uma milícia, infitrar-se no castelo (?) adversário e surrupiar a guria em segurança? NÃO, Você tem que sair às ruas desarmado, lutando contra toda a gangue (que é formada exclusivamente por gente forte e disposta a brigar contra um cara que, sozinho, já dizimou metade da gangue), entrar no castelo (novamente: ???) inimigo, derrotar o líder, que é o único membro da gangue com uma arma de fogo e, se você contou com a ajuda de seu irmão pra isso tudo, você deve matá-lo pra ele não roubar sua namorada!
Nossa, gastei mais linhas do que devia pra descrever o double dragon, mas acho que me fiz entender. Realidade é uma coisa, um game é outra.

Agora, sem quotar nada, o que importa num jogo é ser divertido. Pra isso, você não precisa de personagens nem história (como em puzzles, por exemplo) e, quando os usa, não existe uma regra a ser seguida.
Pra um personagem, o que importa é o carisma, a sua identificação com o público que o consome. O homem-aranha não ficou popular por usar um uniforme azul e vermelho, ficou popular por equilibrar problemas "heróicos" com problemas cotidianos, como falta de grana, paixões (bem ou mal correspondidas) e problemas de saúde, exatamente como os adolescentes que compravam suas revistas (exceto pela parte heróica).


Agora vamos discutir o nacionalismo.

(...)algo que envolva a segurança nacional, até bandido vai se unir, na defesa do Brasil, afinal estamos todos no mesmo barco. Posso estar errado.
Você está errado.
O tráfico de drogas ameaça a segurança nacional (talvez não da forma que você veja uma ameaça à segurança nacional, mas ameaça). O que existe é envolvimento das autoridades no tráfico. E isso é só um exemplo.
Em guerra aberta, a tendência popular é se esconder e garantir o seu. Isso não é coisa de bandido, é comportamento humano. Soldados passam por treinamento psicológico pra evitar agir assim durante a batalha. Por isso que quem tende a agir de forma contrária ao instinto de autopreservação é chamado de herói.
Em algumas culturas, esse louvor àqueles que se arriscam contra todas as probabilidades ocorre mesmo em casos de fracasso. Na maioria, os heróis são só aqueles que vencem.


Agora heroi brasileiro: ... ... ... ... ... ... ... ...... ... ... ... ... ... ... ...... ... ... ... ... ... ... ... Ei me diz aí! Super... ... ... cri, cri, cri, cri, cri, cri, (silencio é tanto que dá pra ouvir grilos cantando!)
Existe o Roberto da Costa, o Mancha Solar, dos novos mutantes. É um personagem brasileiro que, pra participar das histórias ambientadas nos states, mudou-se pra lá. Entre os grandes feitos, ele foi o único personagem capaz de erguer o Volstaag (um chegado gordão do Thor). Sim, ele salvou o mundo e o universo algumas vezes, também, além de protagonizar alguns eventos mutantes, mas o que eu achei legal foi ele ter mover o cara que nenhuma outra força no universo tinha conseguido antes.
Aliás, os mutantes da marvel ficaram populares quando seus integrantes passaram a ser mundiais, e não simplesmente americanos estadonidenses
Tem o zé carioca, personagem da Disney.
Em Tekken 5 tem uma guria (Christie Monteiro) que luta capoeira (mas não sei se ela é brasileira).
Enfim, existem sim, personagens brasileiros criados por americanos.

Não adianta alguém querer ficar ressaltando culturas brasileiras(que não são lá grandes coisas).
Grande engano, o dos parênteses. Cultura brasileira existe, é imensa e não se resume a regionalismos ou folclore. Há brasileiros fazendo bonito - MUITO bonito - em vários setores artísticos (não vou mencionar a área de ciência e tecnologia porque não é o que estamos chamando de "cultura", aqui). Existe um jeito de ser, um dia-a-dia que só se encontra no Brasil, que quem vem do exterior ou passa muito tempo fora identifica imediatamente. A cultura brasileira existe sim, só não é valorizada pelo brasileiro.

O nacionalismo americano estadonidense é muito louvado, mas é artificial. Ouvi dizer que existe uma lei que obriga todo filme produzido lá a ter uma cena, ainda que minúscula, em que aparece a bandeira. Me pergunto como fazer pra cumprir essa lei em filmes como "monstros S.A.", mas isso não vem ao caso. A questão é que lá foi criada essa cultura de nacionalismo, ela é ensinada nas escolas. Diferente do "jeitinho brasileiro" que eventualmente nos livra de uma situação embaraçosa, eles têm o "american way of life", que seguem por toda vida e só pode ser atingido enquanto em território americano estadonidense. Mas é tudo fabricado. O americano estadonidense médio não engole nem metade dessa palhaçada. Ele canta o hino nacional porque aprendeu na escola, não porque morre de amores pelo país.
O brasileiro não tem escola pública. Quando tem, o professor é mal pago, então não tem motivos pra ensinar seus alunos a amarem aquele mesmo país governo que é responsável por seus problemas financeiros. O brasileiro cresce ouvindo que o governo do seu país é responsável pelos problemas de todo mundo. Problemas de saúde, problemas de grana, problemas de cultura.
Como amar um país assim? Só desvinculando o país do governo. O país é bom, o governo é ruim.

Então, é possível criar um jogo nacionalista brasileiro? Sim, mas não como os americanos estadonidenses fazem. O brasileiro não deve lutar contra nações estrangeiras (ou alienígenas), essa cultura militar funciona lá fora, a coisa aqui é mais... paramilitar? Na melhor das hipóteses. Tem o "tropa de elite", com essa temática de forças armadas "bad boy" (o termo estrangeiro não tem intenção de ironizar), que fez um grande sucesso aqui e lá fora, mas na minha opinião, histórias mais cotidianas, mais pé-no-chão podem valorizar melhor um personagem brasileiro no Brasil. Pra se criar um herói, um ambiente adverso é mais fértil, mas pra um personagem, qualquer ambiente serve.

Não quero chega a conclusão nenhuma, pelo contrário, quero mais é estimular a discussão. Sou um ávido consumidor de cultura americana, adoro os filmes com a bandeira deles, leio Marvel desde... noves fora... desde 1984 e já li revistas escritas muito antes de eu nascer. Sou brasileiro, de Belo Horizonte, e sempre me dei muito mal em história e geografia. Usem essas informações pra julgarem a validade do que eu disse.


Última edição por saim em Seg 04 Jun 2012, 13:25, editado 3 vez(es)

saim

Ranking : Nota B
Número de Mensagens : 2964
Idade : 38
Data de inscrição : 14/01/2011
Notas recebidas : C-D-A-B
Reputação : 121
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 1
   : 0
   : 3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por cascavelo em Seg 04 Jun 2012, 12:34

Bom, eu ia passar batido neste post, mas vou dar algumas informações:
Existe um jogo brasileiro sobre capoeira em 3d, mas é uma verdadeira bomba.
Infelizmente nos fazemos tudo malfeito, alguém assitiu o filme sobre capoeita "Besouro", eu ví, no trailer pareceia uma maravilha de filme ação mas foi outra bomba.
Dizer que não temos mitologia para explorar é exagero, só os orixás já dariam um jogo estupendo, tendo no panteão diversos heróis e vilões, com personalidades diferentes bem descritas na literatura, mas tem a questão religiosa envolvida, faça um jogo destes e está destinado ao fracasso destro país, mas aposto que faria sucesso lá fora se fosse bem feito.
Alguns acham que brasileiro não tem imaginação, mas não conhecem nada da cultura juvenil de décadas passadas. Basileiro sempre escreveu ficção cientifica e aventura.
Só alguns exemplos, se alguém quiser saber mais:
- Expedição ao martírios (uma aventura sobre um lugar real que pouca gente sabe que existe)
Da série vagalume (livros voltados a jovens, publicados na década de 80):
O menino de asas, o escaravelho do diabo, a ilha perdida, Spharion, O caso da borboleta atíria e vários outros que poderiam facilmente virar roteiro de filme e porque não um jogo.
Vocês sabem qual o jogo Brasileiro mais vendido? Show do Milhão.



cascavelo

Ranking : Nota A
Número de Mensagens : 1011
Idade : 46
Data de inscrição : 08/12/2011
Notas recebidas : A - A - A - A - A -A -C
Reputação : 71
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 1
   : 2
   : 1

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Seg 04 Jun 2012, 12:59

Tá aí uma idéia genial. Os livros! Principalmente de escritores brasileiros! Porque nao pensei nisso!?
Sao de ótimo conteúdo! até hoje nunca esqueci ulguns livro que li, milenios atras... selva de pedra(?) e Super silva!

É claro que prá isso tem que se levar em consideraçao:
Se for comercializar um jogo, recriando a história, deve estar atento aos direito autorais e autorizaçoes, a naoser que este seja de domínio público.
Por outro lado, o autor do livro, terá seu nome revitalizado, e o autor do jogo reconhecido, se este for bom mesmo. Já jogos baseados no livro eu nao sei.

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por mafagafo em Sab 09 Jun 2012, 15:46

Eu adorei a idéia, principalmente que quase nunca pensamos na ideia de jogos se passando no Brasil e com sua realidade em dia. Estamos muito ''AMERICANIZADOS'' e mesmo que não vá virar um game foi bem criativo.

mafagafo

Número de Mensagens : 16
Idade : 22
Data de inscrição : 13/05/2012
Reputação : 1
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por moisesBR em Qui 28 Jun 2012, 18:45

Bem... eu falei, falei, expus meu ponto de vista, idéias, desabafei e falei pelos cotovelos. mas esse tópico não foi de todo uma perda de tempo. Pois, a partir dele alguem vai pensar, na situação. E se tiver sem ideias já terá algo pra remoer!

Tava analizando os posts do gmbr no facebook, e vi lá o do (?) que fez o chao_brazin, e ele disse que ia fazer algo sem nacionalidade...

Bem, de certo modo, eu gostaria de defender a idéia de games com temas brasileiros, mas devido a aceitação do público e falta de coragem, pra participar do concurso daquela empresa, e ganhar os $, teria que ser algo mais genérico que seria jogado por alguem independente da sua nacionalidade.
Pois entendo agora, que ninguem lá do outro lado do mundo jamais jogaria um game em que o objetivo seja uma missão salva-Brasil que ele mal sabe onde é, ou que seja fã!

Tendo isso em mente, me lava a produzir algo sem bandeira como disse os camaradas aqui no tópico, mas não só eu, tenho certeza que criaremos algo com temas brasileiros pro brasileiros e pra quem quiser mas, agora vejo que minha intençao, apesar de gostar, usar muita coisa dos EUAs, acho que foi desamericanizar nossas mentes[size=74].[/size] Fight! Exclamation

moisesBR

Número de Mensagens : 873
Idade : 40
Data de inscrição : 24/10/2009
Reputação : 14
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

http://inprovise.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Idéia Re: Game? Não! É jogo mermo cumpadi!

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 16:19


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum