Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Sex 24 Jun 2011, 20:06



Esse será um livro no tema da mitologia grega.
Eu
me inspirei em Percy Jackson e os olimpianos, e decidi faser um livro
no mesmo tema, mas não tem nada a ver com o Percy Jackson e os
Olimpianos.

Acessem para ler até onde escrevi:

http://filipemendesroteiros.blogspot.com/

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por PedroX em Sex 24 Jun 2011, 20:17

Coloca num spoiler o roteiro.
Se tiver a mesma qualidade da capa do livro, ficará excelente.
Se você desenhou a capa do zero, parabéns, está bem legal.
Quando eu terminar de ler, dou o comentário. Está bem grande.

Até mais!

PedroX

Ranking : Nota C
Número de Mensagens : 6034
Idade : 21
Data de inscrição : 26/07/2008
Notas recebidas : C+B
Reputação : 286
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sex 24 Jun 2011, 21:23

Ola, eu sou roteirista há algum tempo e gostaria de dar umas dicas Happy,
Primeiro: isso é um livro/história ou roteiro?
Está obvio que é um livro, só achei que foi estranho colocar uma história em um site de roteiros.
Segundo:
Sua história está bem formulada, e você tem ar de quem escreve bem, mas senti falta da descrição de personagens.
Eu não vi a descrição de Charles nem de seu amigo. Quando digo descrição digo isso:
Havia uma garota ao lado de Charles, havia cabelos pretos, tinha um olho castanho como os de Charles, usava uma camisa azul, também usava um all star preto, uma calça jeans azul, e um relógio preto no braço esquerdo.
Terceiro: Sua história pula muito rápido do início para o final do 1º ato, ou seja, mal faz apresentações e já começa a aventura.
Isso deixa o leitor um pouco insatisfeito, porque não mostra bem o ator principal, protagonista, que é o personagem que melhor deve ser descrito.
Uma dica:
Para ter personagens mais interessantes tente mostrá-los com mais influência. Faça com que ele seja:
*Interessante
*Multi dimensional
*Ser ativo (sua história não apresentou bem aventura, deixando pouco tempo para descrever o personagem principal, e muito para descrever o mundo que o rodeia)
* Um personagem que emocione o publico, que traga as emoções do público, como choro, risos, ou orgulho para o seu redor.

E faça um antagonista também com características assim.
Não li tudo, mas li mais da metade, e achei que precisa de melhoras.
Obrigado, e lembre-se que uma história de começo, meio e fim.

Esperando o resto!

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Sab 25 Jun 2011, 13:17

A sim, estou tentando deixar as descrições igual o Percy Jackson e os olimpianos, que sim, é do mesmo jeito que deixei para por a dos meus personagens.
Vocês tem de ver o capitulo seis, ele já começa hum...
A Aventura dos três.

#Edit
@Pedro henrique
Sim, eu fiz a capa, esse livro poderá sair na mão de vocês, talvez. Estou conversando com algumas editoras, e vou ver oque posso faser.

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sab 25 Jun 2011, 14:44

Muito tarde...
Sinceramente você precisa melhorar o que fez, e não continuar a escrever...
Tente reescrever a história, ela realmente não tá conseguindo ser muito interessante, porque não há muita ação.
Do mesmo modo que você pulou muito rápido para o fim do 1º ato, a sua história invés de apresentar aventuras, ela começa a rodear.
Outra dica: Escreva menos!
A história não ta conseguindo ter muita ação, e ainda por cima, não está sendo emotiva.
Obrigado, espero que você reescreva!

Fale comigo por msn/email!
Mandei por MP!
Obrigado, espero que você reescreva!

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por Sr. Sinistro em Sab 25 Jun 2011, 15:01

Um estilo de escrita singular, se me permite a palavra. Condensado e sem subjetividade. Mas...
Isto é uma Fanfic, rapaz...
É uma história paralela baseado em algum livro conhecido, podendo ter os mesmos personagens ou utilizando apenas o pano de fundo...

Nesta sua história, tente utilizar uma descrição mais aguda e poética, com pequenos momentos de frenesi, e retocando com flashbacks... É o estilo de escrita utilizado pelos escritores atuais e que favorece seu próprio estilo de escrita...

Segue abaixo, para estudo, partes do meu livro DEVIR:

Spoiler:
Prólogo

Era noite na floresta. Uma belíssima floresta antiga, onde animais de todos os tipos viviam e onde o destino traçava caminhos. Naquela noite, não diferente das outras, os lobos uivavam para a lua, que majestosa, iluminava fracamente seus admiradores. O vento gelado açoitava os abetos que circundavam a floresta. Ouviam-se pios de corujas e o bater fraco das asas dos morcegos perambulando pela noite. Esta, aliás, iluminada não só pela lua, mas também pelos milhares de pontos que brilhavam na negritude do vasto céu acima da floresta. Entre as estrelas, porém, somente naquela noite uma delas brilhou um pouco mais. Destacava-se cada vez mais e foi crescendo, crescendo e crescendo até irromper acima da floresta em uma bola de fogo que cruzou a noite e com grande estrondo chocou-se no chão, produzindo um ribombar que calou as corujas, os lobos e toda a floresta. Uma imensa cratera formou-se e a fumaça que se ergueu do impacto preencheu todos os espaços entre as árvores, de modo que por um tempo não se enxergou nada. Apenas ouvia-se o crepitar do fogo nas árvores que estavam em volta da cratera. À medida que a nuvem de fumaça começou a extinguir-se, o objeto que havia caído tornou-se mais lúcido. Uma esfera metálica, aproximadamente do tamanho de uma bola de futebol, estava no fundo da cratera, e mesmo que sua superfície estivesse fumegante por causa do atrito com a atmosfera e a esfera ter sofrido aquela queda, ela aparentava estar totalmente intacta. Depois que tudo silenciou novamente, um pequeno lince, curioso com o estranho artefato, aproximou-se cautelosamente como se estivesse aproximando de um urso dormindo. Sondou bem a esfera com os olhos e então tocou nela com a ponta de seu nariz, farejando. Tudo aconteceu em um momento. Uma forte luz azulada irrompeu da superfície da esfera e envolveu o lince que instantes mais tarde, desapareceu juntamente com a luz. Nenhum som ouviu-se. E a floresta continuou dormindo.
Capítulo 1
Blake acordou lentamente. A luz do sol penetrava pelas frestas da janela. Devia ser por volta de oito horas da manhã. Espreguiçou-se e notou que alguns garotos já haviam saído para a escola. Vivia em um orfanato, e os garotos que tivessem uma conduta comportada podiam estudar na cidade, no Colégio St. Louis. Os que não tinham esta conduta, como Blake e alguns outros garotos, tinham aula particular no orfanato mesmo, com a Sra. Whitney, uma velha professora que nem se importava com aqueles garotos-problema e, portanto, as aulas eram um tédio.
Blake era um rapaz moreno e alto que estava sempre com os cabelos negros despenteados. Sua principal diversão, ao contrário dos outros rapazes que jogavam basquete, era ler depois da aula. Gostava de sentar na varanda do prédio e ficar lendo durante toda tarde. Em um ano estaria livre para sair do orfanato, já que faria dezoito anos. A história de Blake era um pouco confusa. Ele nunca havia conhecido seus pais, pois fora abandonado. O que diziam era que o Sr McCann, dono do orfanato, em certa manhã havia saído para varrer as folhas secas dos ciprestes em frente ao prédio, e encontrou Blake em uma caixa com um pouco de dinheiro e uma carta dizendo que alguém voltaria para buscar a criança dali a algum tempo. Dezessete anos já haviam se passado e Blake duvidava que alguém retornasse.
Passava seus dias assim, esperando a idade para ficar livre. O orfanato ficava em uma propriedade rural cercado de árvores frutíferas e ciprestes nos limites do terreno, que era cercado por um muro coberto por uma trepadeira que ocultava os tijolos. Na parte de trás do terreno não havia muro, mas sim uma grade em toda a extensão onde deveria estar o muro. Na primavera o chão ficava atapetado de flores, como em um casamento, e no outono por folhas amarelas. Como era um orfanato apenas para garotos, Blake pouco se relacionava com mulheres, a não ser com a Sra. Whitney.
Desde que se lembrava seu único amigo era Gabriel, um rapaz cujos pais haviam morrido em um acidente de carro quando viajavam. Milagrosamente Gabriel, na época um bebê, não sofrera ferimento algum, sendo trazido mais tarde por seus tios, que não o aceitaram, ao orfanato. Blake e Gabriel sempre foram inseparáveis. Mas, há algumas semanas, Gabriel havia proposto um plano de fuga do orfanato. Blake havia discordado, porque faltavam poucos meses para ele sair, e não faria sentido. Mas Gabriel ainda tinha quinze anos, e faltava um pouco de tempo. Então Gabriel havia fugido em uma madrugada sem deixar rastros. McCann tinha interrogado Blake sem resultado. Por causa disso havia recebido o castigo de trabalhar durante algum tempo na pequena horta que o orfanato mantinha.
Naquele dia, porém, já se completavam duas semanas que Gabriel havia fugido e seu castigo, portanto, acabava. Blake levantou-se, tirou o pijama e colocou a roupa. Foi ao banheiro, lavou o rosto e dirigiu-se à biblioteca, onde aconteciam as aulas. Ao chegar, verificou que estava atrasado novamente. A Sra. Whitney estava lendo a lista de chamada, mesmo que não fosse necessário, pois tinha sete pessoas na sala e nenhuma delas poderia faltar. Ao vê-lo, a Sra. Whitney exclamou:
- Muito bem, Sr. Colton. Atrasado novamente para a aula. Quantas vezes eu vou ter que repetir que esta classe inicia a aula às sete horas e trinta minutos?
- Bom dia, Sra. Whitney. Também estou feliz por vê-la novamente. – Respondeu Blake, amargo, dirigindo-se ao fundo da sala, para se sentar.
- Estes modos presunçosos e estas interjeições irritantes denotam seu caráter, Sr. Colton. Quando você sair daqui não vai conseguir nada na vida se retrucar desse jeito para as pessoas. – Fuzilou ela, de expressão fechada.
- Eu estava apenas tentando ser gentil. – Justificou-se Blake, meio duvidoso de sua própria afirmação.
Após duas horas de sermão sobre modos em sala de aula, a Sra. Whitney finalmente começou a ler um livro e ignorou os alunos, que felizes com o silêncio da professora, começaram a conversar. Depois da aula, Blake subiu para o refeitório, que ficava no terceiro andar, e almoçou. Como sempre fazia, dormiu um pouco e depois foi ler na varanda. Já estava há um bom tempo na varanda, quando ouviu risadas. Olhou por cima do livro e viu Jed, um garoto que estava sempre com um grupo de rapazes o seguindo, nas escadas do prédio. Jed detestava Gabriel, o que levava a detestar Blake também. Depois que Gabriel havia fugido, as gozações de Jed tinham aumentado de tal forma que Blake se segurava para não dar um murro na cara dele. Jed aproximou-se, rindo de alguma piada sua, e quando viu Blake, exclamou:
- Ai, que meigo. Lendo um livrinho de romance. Não é sobre você e o Gabi? – Todos os garotos riram, incentivando Jed, que deu uma risadinha e continuou: - Aí não está escrito que ele vai voltar em um belo cavalo prateado para salvar você?
Blake não tirava os olhos do livro, fazendo de conta que Jed fazia parte da parede. Ao ver que suas chacotas não estavam surtindo efeito, Jed apelou:
- Quem sabe ele não foi se juntar a sua mãe?
O soco que atingiu Jed na cara o atirou para trás e o fez cair. Blake estava de pé, com a mão fechada. Sua velocidade de resposta tinha espantado até ele próprio. Os garotos correram para ajudar Jed, que parecia mesmo nocauteado.

Sr. Sinistro

Número de Mensagens : 540
Idade : 23
Data de inscrição : 23/06/2009
Reputação : 6
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sab 25 Jun 2011, 15:09

Ele quer fazer a história para lançar em livros. Acho difícil uma pessoa lançar um livro exatamente usando fanfic. Tendo em vista que é uma cópia.
No caso da escrita do rapaz em cima. Sinceramente não gostei muito não. Sua história descreve DEMAIS as florestas e etc. E isso torna chato, e difícil de entender.
Uma das teorias de um bom roteirista sempre é :
Escreva menos
Não há necessidade de colocar TUDO na história. Se fosse assim gastaríamos horas descrevendo os terceiros!
Boa sorte!

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Sab 25 Jun 2011, 15:46

Este livro é a introdução dos próximos que irei faser, principalmente por isso não está tendo muita ação.
É o ínicio de tudo, quero desenvolver mais história, para dar continuidade para os próximos livros.

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por Sr. Sinistro em Sab 25 Jun 2011, 15:52

@guilhermemig17
A situação no plano horizontal de uma história é muito necessário e pode ser bem explicado sim.
E esta história de escrever menos, depende de cada escritor... Se você já leu Dostoiévsk, sabe do que estou falando. Sidney Sheldon e Robin Cook também escrevem neste estilo, com o detalhamento em um nível alto.
Se você apenas pincelar uma história com detalhes, não fornecerá informações suficientes para a imaginação da pessoa, a deixando vagar em suposições, o que seria bom se você fosse um gênio na escrita, que conseguiria trabalhar com a ambiguidade, o que, suponho eu, você não deve ser.
Agora, se você estiver se referindo a roteiros, guilhermemig17, estaria aplicando sua tese corretamente, já que roteiros são menos detalhados, devido a diferença de sua finalidade com relação à um livro.

@ManiacoBranco
Eu creio que você está no caminho certo, afinal, Não há assunto tão velho que não possa ser dito algo de novo sobre ele. Fiódor Dostoiévsk

Sr. Sinistro

Número de Mensagens : 540
Idade : 23
Data de inscrição : 23/06/2009
Reputação : 6
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Sab 25 Jun 2011, 16:01

É Diferente o estilo de escrever, de contar, interpretar a história de cada um. Eu já escrevo como Rick Riordan, que eu me inspiro, e ele que abriu o caminho para mim ser roteirista. Gosto muito do tipo de livro que eu escrevo, e óbviamente quero terminar de escreve-lo para mim ganhar experiência.

E Edu, gostei de seu livro.

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sab 25 Jun 2011, 16:08

Tipo um esboço?
Se for, então uma dica:
Escreva a mesma parte 2 vezes para que você tenha mais noção de correção, enfim, para que você veja qual fica melhor.
E admirável que você faça uma introdução antes de começar a fazer mesmo. Poucos escritores tem essa capacidade e pasciência sem ser cobrado.
Paranéns!

Você disse que quer ser roteirista?
Pesquise na internet melhot sobre o assunto^^
No caso do que o Edu disse, tem uma pitada de verdade sim, mas sobre escrever muito, ou detalhado demais, suponho que não é um bom começo. Quem tem pasciência para ler um livro muito detalhado, muito poético?
Isso é de poucos.
Uma história boa, é aquela que consegue fazer a pessoa ler até o fim, que atraia o publico. Pode ser ridiculo, se fizer isso.. Está bom!
Obras como Harry Poter, filmes dos mais diversos tipos, são raramente detalhados.
Ate os tutoriais que tem a função de serem detalhados, não são a maior parte.
Deixo bem claro que excesso de conteudo deixa tudo chato.
Obg^^

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Sab 25 Jun 2011, 16:16

Eu tenho paciência para ler um livro muito detalhado: Percy Jackson, Senhor dos aneis entre outros.
Livros detalhados, são as melhores coisas para mim, sabe? Então, é como eu disse, cada um gosta de um estilo de ler.

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por Sr. Sinistro em Sab 25 Jun 2011, 16:17

Só mais uma pitada sobre o assunto, já que está tão legal discutir isto... Happy
Eu fiz um tutorial certa vez, se estiver interessado, @ManiacoBranco...
Link do Tutorial

EDIT: Perfeita sua citação, ManiacoBranco... Tolkien é o melhor representante das escritas detalhadas, já que seus livros explicam até as genealogias dos personagens... Está certo também que Tolkien era um gênio e sabia escrever uma história como ninguém. Silmarillion é um bom exemplo da genialidade deste escritor...
Smile

Sr. Sinistro

Número de Mensagens : 540
Idade : 23
Data de inscrição : 23/06/2009
Reputação : 6
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sab 25 Jun 2011, 16:51

O assunto realmente ta otimo.
No caso do seu gosto de detalhamento. Ok, não há problema algum se você gosta de ler coisas grandes. Agora é como você conquista o publico que é importante.
Não pense que escrever detalhado é so chegar e escrever, não, tem toda a técnica. Se você quer se especializar nisso, estude isso. Leia as obras de todos que puder, mas não esqueça de que mais que ler livros é escrever.
Se você quer deixar sua história detalhada, então ok.
Mas voltando ao que disse, acho que a o modo que está configurando a história está meio desvirada.
Olha esse gráfico:

Não só isso, seu protagonista não esta ativo.
Lembre-se que um protagonista interressante é:
ATIVO
INTERESSANTE
MULTI-​​DIMENSIONAL
UMA TRANSFORMAÇÃO
EMOCIONAR O PUBLICO

Acho que isso ja ta bom!
Depois falo mais!
Veja esse grafico tbm:


Obrigado!

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por Sr. Sinistro em Sab 25 Jun 2011, 17:00

Agora gostei do seu modo de explanar... Chegou ao topo.. Smile
O segundo gráfico aliado com o meu tutorial daria excelentes livros... O que você acha??

Sr. Sinistro

Número de Mensagens : 540
Idade : 23
Data de inscrição : 23/06/2009
Reputação : 6
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   :
   :
   :

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sab 25 Jun 2011, 17:15

Excelente.
O melhor modo de criar uma coisa nova é juntando coisas diferentes.
Se quizer fazer tutoriais, livros ou outras coisas ai comigo, tamos ai^^

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Sab 25 Jun 2011, 17:30

Eu tambem acho Edu, uma coisa junta a outra sempre faz melhorias² Happy

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por guilhermemig17 em Sab 25 Jun 2011, 21:00

Nao seria Guilherme inves de EDU não?
rsrs, lendo o seu capitulo!

guilhermemig17

Número de Mensagens : 252
Data de inscrição : 03/06/2010
Reputação : 4
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por ManiacoBranco em Dom 26 Jun 2011, 10:30

SAHushuH Errei lah Happy'
To escrevendo mais um capitulo, "A Escolha", podem aguardar Happy.

ManiacoBranco

Número de Mensagens : 157
Idade : 17
Data de inscrição : 07/03/2011
Reputação : 8
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Charles Edwards e o Olimpo - A Volta dos Titãs

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 14:22


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum