bio - prólogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

bio - prólogo

Mensagem por dan mira em Ter 04 Jan 2011, 19:01

bom gente, depois de um tempo parado com esse meu projeto voltei com ele.(quem ainda não leu tah aqui http://gmbr.forumeiros.com/t9975-bio-historia-terminada)

gostaria muito da opinião de vcs Happy

Resolvi trabalhar por capítulos dessa vez, intão começei a pensar como quero que seje o prólogo que é a parte de apresentação mesmo do jogo, dos sistemas, das missões e etc..

então até agora foi issu o que eu consegui pensar:

Spoiler:
Capítulo 1
Prólogo

A primeira parte da historia do jogo se passa na Megalópole de Ibiza(nome temporário). Ela aborda todas as vantagens e desvantagens da vida nas Megalópoles e mostra como as pessoas ficaram dependentes do Projeto Vienna.

Nas Megalópoles ficou cada vez mais normal o integramento dos robôs no cotidiano das pessoas. Tanto que os robôs passaram a auxiliar as pessoas em várias tarefas e trabalhos, como no policiamento, na segurança, em tarefas de alto risco de vida e etc. Em alguns casos chegando até a ocupar o lugar do homem, tirando-lhe o emprego.
Isso começou a fazer com que as pessoas desempregadas das Megalópoles começassem a furtar comida, dinheiro e informação para sobreviver. E com o ajuntamento dessas pessoas e as informações que eram necessárias formou-se uma grupo, que lutava pelos menos favorecidos com toda essa evolução e desenvolvimento. Esse grupo passou a se intitular de a Resistência(nome provisório).

E a Resistência começou a causar muito problemas a empresa bio que já administrava todo o setor tecnológico, e que se tornava mais poderosa e influente no conselho decidindo grande parte das ações do mesmo.
A Resistência furtava principalmente informações(ou conhecimento), e assim conseguia obter comida ou qualquer outra coisa que fosse rackeando o sistema.
Tentando dar um fim a Resistência a empresa bio que já gerenciava a policia e segurança da Megalópole de ibiza, lançou um novo projeto, o Projeto Cy-bio(nome provisório) que instalava componentes eletrônicos em seres humanos aumentando grandemente seu desempenho físico e também liberando o acesso ao Projeto Vienna, assim qualquer um que participasse do Cy-bio poderia baixar informações diretamente no seu cérebro.
Grande parte dos policiais e seguranças entraram no Projeto Cy-bio visto que passou a ser o meio mais confiável para segurança. e como planejado pela empresa bio, a Resistência passou a ter problemas para conseguir roubar informações e outros tipos de coisas, tendo muitos de seus membros mortos ou capturados pelos policiais da Cy-bio.

Mas depois de algum tempo que o projeto Cy-bio estava ativo, notou-se que as pessoas que participavam dele começaram a ter efeitos colaterais, elas tinham apagões, perda de memória antiga e suas mãos tremiam. Mas as empresas bio não desativaram o projeto, e encobriram os efeitos colaterais mantendo-os em segredo.
Então começaram a acontecer assassinatos pela Megalópole, assassinatos cometidos pelos policias e seguranças do Projeto Cy-bio, quando eles tem apagões eles de alguma forma andam pela megalópole e ao encontrar alguma pessoa, eles a assassinam brutalmente.
E a empresa bio percebendo isso colocou a culpa desses assassinatos na Resistência, dizendo que eles que cometem tais atos.
Mas pouco a pouco a população começa a perceber que as empresas bio não são tão verdadeiras quanto dizem ser.

Então, depois de um longo tempo de luta e várias pessoas presas e mortas incluindo vários inocentes (o que deixou grande parte da população das Megalópoles traumatizada quando a enfrentar a empresa bio e seu Projeto Cy-bio). Os cyborgs da Cy-bio conseguiram acabar com a Resistência.
Após isso, a empresa bio que já gerenciava a maioria dos setores das Megalópoles, começaram a subornar o ministro do vale de Ibiza. Para que o Projeto Vienna fosse implantado também nos Vales, assim criando uma dependência das pessoas dos vales com o Projeto Vienna, e também, dessa forma as descobertas das pessoas dos Vales passariam a entrar no banco de dados do Projeto Vienna.

No começo houve muita repulsa por parte do povo dos Vales, mas como as decisões eram decididas por um conselho e pelo ministro, não houve muito o que fazer. Mas grupos de pessoas que não simpatizaram com o Projeto Vienna nos Vales começaram a se juntar.

Com a implantação do Projeto Vienna nos Vales, houve um grande desequilíbrio social que não havia antes nos Vales, porque, não eram muitos os que realmente tinham condições financeiras para usufruir dele(só as pessoas de classes sociais mais altas), deixando o resto do povo para trás porque só podiam adquirir os conhecimentos mais baratos. E sem contar que mesmo as pessoas das mais altas classes sóciais dos Vales muito dificilmente equiparar-se-iam em conhecimento com as pessoas das Megalópoles.

Idéias

-Essa primeira parte é jogada com a resistencia, mostrando os sitemas do jogo e um pouco da historia dos projetos da bio...

-Mostrar como a resistencia é organizada e como eles faziam seus ataques..

-Começa com o jogador sendo um novo integrante da resistencia

- as missões podem ser variadas como: de reconhecimento, de furto de informação, de sabotagem, de invasão e destruição etc..

-esse prólogo pode ser dividido em três partes: aprendizado, desenvolvimento, final

Aprendizado: é composto mais da história do jogo, monstrando como a terra ficou do jeito q está. Mostra também a criação do personagem e um tutorial básico de movimento..


Desenvolvimento: essa parte é composta mais de ação, o jogador vai em missões aprendendo a furtar informações e tec.. nessa parte o jogador aprende mais sobre os sistemas do jogo.. e conhece mais sobre a resistencia e como ela age..

Final: nesssa parte mostra como a resistencia e vencida pela cy-bio.. mostra a traição de um da resistencia e como tudo acabou..

O objetivo na parte de duração do jogo é que alcance 1 hora de jogo.. vinte minutos para cada parte a principio..


eu estou detalhando mais as coisas que eu escrevi sobre a megalopole e sobre a resistencia, ainda não tem muita coisa mas jah da pra ter uma noção.. com o tempo eu vo atualizando aqui..

Megalópole

A megalópole de Ibiza era uma das mais avançadas do continente. É também uma das maiores e mais populosas.. pode se dizer que ela éh constituída de duas partes principais.. a térrea e a montanhosa. A térrea é aonde há a maior concentração de industrias e empresas. A montanhosa é aonde se concentra grande parte dos moradores, a área montanhosa é como um sacada em semi-arco que contorna parte da área térrea.

Tanto na área térrea quanto na área montanhosa o principal meio de transporte é o aéreo que foi dividido em três partes: baixo, médio e alto .
Baixo: para transportes pequenos
Médio: para transportes médios
Alto: para transportes grandes e aeronaves

Resistencia

A resistencia na megalópole é uma resistencia organizada, com um quartel general e bastante membros e apoiadores secretos. Possui cerca de 50 pessoas, todas muito inteligentes e bem capacitadas, possuem bastantes armas e apetrechos tecnológicos que os ajudavam em suas missões.
Possuíam até uma equipe de desenvolvimento para desenvolver tecnologias que não estejam no banco de dados do projeto vienna.
Possuem quartéis espalhados por quase toda megalópole.
Eles tem uma sala de treinamentos aonde podem simular várias situações de combate.
São três os lideres da resistencia, os três fundadores: zaak, chels e mira.
Cada um administra uma área da resistencia: zaak a de tecnologia, chels a de planejamento e mira a de execução

e também começei a escrever um pouco sobre os personagens, que são poucos até agora:

Zaak – muito inteligente, tem facilidade de resolver problemas e enigmas. Adorar jogar um sudoku ou palavras cruzadas..
Não é muito comunicativo e não gosta muito de liderar. Passa a maior parte do tempo mexendo no seu tablet.

Joh - é um dos caras que dão assistência a zaak na área de tecnologia, é como zaak fissurado por eletrônicos e quebra-cabeças

Chels – chels é uma garota muito esperta, conhece quase toda megalópole de memória, quando criança viveu bastante tempo nas ruas tentando sobreviver, o que a deu muita esperteza e malandragem. É a mais velha dos três. Não gosta de robôs.

Mira – mira é um motivador, sempre foi muito comunicativo desde criança e sabe como manter o grupo animado, dos três é o menos inteligente, mas é o mais importante.



dan mira

Ranking : Sem avaliações
Número de Mensagens : 40
Idade : 24
Data de inscrição : 24/06/2010
Reputação : 0
Insignia 1 x 0 Insignia 2 x 0 Insignia 3 x 0
Prêmios
   : 0
   : 0
   : 0

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum